publicidade
20 de setembro de 2012 • 22h49

Apartamento para Cristóvão Colombo é construído em Nova York

Os nova-iorquinos já podem admirar de perto o apartamento criado para a estátua de Cristóvão Colombo na Praça Columbus Circle desta quinta-feira até 18 de novembro na exposição "Descobrindo Colombo", realizada pelo artista japonês Tatzu Nishi.

 

NOVA YORK, 20 Set 2012 (AFP) -Os nova-iorquinos já podem admirar de perto o apartamento criado para a estátua de Cristóvão Colombo na Praça Columbus Circle desta quinta-feira até 18 de novembro na exposição "Descobrindo Colombo", realizada pelo artista japonês Tatzu Nishi.O artista construiu ao redor da estátua um apartamento mobiliado de 75 metros quadrados, suspenso por um andaime.A sala em que fica a estátua foi decorada pelo artista com o objetivo de refletir sua visão dos Estados Unidos. O apartamento tem uma biblioteca com grandes sofás e uma televisão dentro de um quarto com um papel-parede representando os grandes símbolos da cultura americana. O projeto foi financiado com 1,5 milhão de dólares da Public Art Fund, uma organização que exibe obras de artistas contemporâneos nos espaços públicos de Nova York."Sempre existe uma forma de lançar um olhar novo para uma obra que acreditamos conhecer. Até agora, esta estátua era apenas uma silhueta para as pessoas e, a partir de agora, podem observá-la com os olhos abertos", disse Nishi à AFP.Nishi é conhecido por suas instalações temporárias que situam os monumentos históricos em contextos domésticos e íntimos, tornando, com isso, as obras acessíveis para o público de uma forma diferente.Construída em 1892 pelo artista italiano Gaetano Russo, a estátua de Cristóvão Colombo se degradou com o passar do tempo. Nova York anunciou que quer investir um milhão de dólares em sua restauração quando a exposição tiver terminado. str/soe/dm

AFP AFP - Todos os direitos reservados. Está proibido todo tipo de reprodução sem autorização.