PUBLICIDADE

Artista alemão forra paredes de museu com notas de 1 dólar

15 jun 2011 17h34
| atualizado às 17h35
Publicidade

O artista alemão Hans-Peter Feldmann cobriu as paredes do Museu Guggenheim, em Nova York, com cem mil notas de US$ 1. A intervenção faz parte de uma exposição da instituição dedicada a ele, vencedor da última edição do prêmio Hugo Boss, realizada em 2010.

A premiação, que reconhece conquistas no campo da arte contemporânea, pagou ao alemão US$ 100 mil, exatamente o montante pendurado por ele nas paredes do local.

"As notas, como as obras de arte, são objetos que não têm nenhum valor além daquele que a sociedade concorda em outorgá-las e, usando-as como meio, Feldmann questiona as noções do valor da arte", disse Katherine Brinson, curadora da mostra, em comunicado.

A instalação, composta por notas usadas, poderá ser vista até o dia 2 de novembro junto com outras obras do artista, que têm em comum a utilização de materiais da vida cotidiana colocados em um novo contexto para gerar novos significados.

"Seu interesse principal está relacionado ao fato de que se trata de uma imagem produzida em massa com a qual lidamos todo dia e não como símbolo do excesso capitalista", acrescentou a especialista.

Mulher observa exposição do artista alemão Hans-Peter Feldmann, em Nova York
Mulher observa exposição do artista alemão Hans-Peter Feldmann, em Nova York
Foto: David Heald / EFE
EFE   
Publicidade