PUBLICIDADE

Artistas abordam violência contra mulher em mostra no Grajaú

10 dez 2010 18h19
Publicidade

Dezesseis jovens artistas da zona sul de São Paulo, reunidos no Coletivo Imargem, abordaram a grave questão da violência contra a mulher através de pinturas, fotografias, grafites e poemas, para a exposição 16 Vezes Arte: Pelo Fim da Violência Contra a Mulher, que está em cartaz a partir desta sexta-feira (10), até o dia 31 de janeiro de 2011, na estação Grajaú da CPTM.

A exposição, organizada pelo Instituto Sou da Paz e pelo Imargem, encerra a campanha anual "16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher". O Imargem atua na região do entorno da represa Billings, na periferia da zona sul paulistana, procurando através da expressão artística superar o isolamento geográfico das comunidades da região, e promove um dos maiores encontros de grafitti do Brasil, o Niggaz, que anualmente reúne mais de cem grafiteiros de todo o Brasil no bairro do Grajaú.

Gravura da artista plática Micaela Cyrino é uma das 16 obras que refletem a violência contra a mulher
Gravura da artista plática Micaela Cyrino é uma das 16 obras que refletem a violência contra a mulher
Foto: Divulgação
Fonte: Redação Terra
Publicidade