0

Aviões de artista chinês "invadem" e decoram o centro de SP

13 abr 2013
11h55
atualizado às 12h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Quem passa pelas ruas da Sé, no centro de São Paulo, se depara com aviões, helicópteros, submarinos e outros objetos surrealistas suspensos do chinês Cai Guo-Qiang, entre o Centro Cultural Banco do Brasil e o Prédio Histórico dos Correios. Chamada Da Vincis do Povo, a exposição do artista responsável pelo espetáculos pirotécnicos das cerimônias de abertura e encerramento da Olimpíada de Pequim, em 2008, traz 14 instalações de grande porte, que incluem desenhos feitos de pólvora e invenções ambiciosas criadas por camponeses do país asiático.

Com abertura oficial marcada para o dia 20 de abril, a mostra apresenta mais de 60 invenções de camponeses de todas as partes da China e suas implicações políticas e culturais para aquela sociedade. Enquanto as portas do CCBB e do Prédio Histórico dos Correios não abrem as portas, o público poderá admirar as engenhocas entre a ruas Álvares Penteado e da Quitanda.

Depois de ser vista por mais de 300 mil pessoas em Brasília, Da Vincis do Povo fica em São Paulo até o dia 23 de junho antes de seguir para o Rio de Janeiro (21 de julho a 20 de setembro), em sua última etapa pelo Brasil. A exposição é gratuita. Paralelo à exposição, o artista fará no dia da abertura uma palestra às 15h, na Rua 15 de novembro, 165, com vagas limitadas com retirada de senhas uma hora antes.

Serviço:

Abertura no CCBB
20 de abril de 2013 – 11h
R. Álvares Penteado, 112 - Sé

Abertura no Museu dos Correios
20 de abril de 2013 - 12h
Avenida São João S/N - Vale do Anhangabaú

Palestra com o artista
20 de abril - 15h
Rua 15 de novembro, 165 - Sé
Vagas são limitadas. Ordem de chegada. É aconselhável chegar às 14h para retirar os ingressos complementares para o evento

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade