1 evento ao vivo

"Batman é muito, muito gay", diz quadrinista Grant Morrison

26 abr 2012
14h28

Em entrevista para a edição de maio da Playboy norte-americana, o quadrinista Grant Morrison disse que Batman tem jeitos homossexuais. Ele é responsável por escrever os HQs do homem-morcego há mais de 20 anos e foi o principal roteirista do personagem nos últimos seis anos. As informações são do Comics Alliance.

"Gayzice faz parte de Batman. Eu não estou usando a palavra gay de um modo pejorativo, mas Batman é muito, muito gay. Não há como negar. Obviamente, como um personagem fictício, ele é intencionalmente heterossexual, mas a base de todo conceito é totalmente gay. Eu acho que por isso que as pessoas gostam dele. Todas as mulheres o querem e saem usando essas roupas provocantes, pulando de telhado em telhado atrás dele. Ele não está nem aí - ele está mais interessado em andar com um velho e uma adolescente", contou.

Morrison, que também está por trás do lançamento de Batman Inc., a ser lançado em maio nos Estados Unidos, disse que os fãs o odeiam por ter transformado Magneto, da série X-Men, em um velho drogado.

"Os fãs de X-Men me odeiam porque eu transformei o Magneto em um velho estúpido e viciado. Ele nasceu como esse sarcástico e cruel terrorista, então pensei 'bem, é isso que ele é'. O escritor Chris Claremont fez um bom trabalho ao longo dos anos para redimi-lo: ele era um sobrevivente do Holocausto e era um nobre anti-herói. Eu entrei em jogo e joguei m**** no ventilador. Era logo depois do 11 de setembro e falei que não havia nada de nobre nisso", explicou.

Cena de 'Batman - O Cavalheiro das Trevas Ressurge', que estreia no Brasil em 27 de julho
Cena de 'Batman - O Cavalheiro das Trevas Ressurge', que estreia no Brasil em 27 de julho
Foto: Divulgação
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade