0

Memorial revive os 30 anos do Maior São João do Mundo

  • separator
  • comentários

Quem não conhece ou quer relembrar a história do Maior São João do Mundo, que chega à 30ª edição neste ano, não pode deixar de visitar o Memorial do Maior São João do Mundo. Ele funciona na Rua Tiradentes, a poucos metros do Parque do Povo, onde acontece a programação principal do São João de Campina Grande.

No memorial, é possível acompanhar com fotos, matérias em jornais e material publicitário a história do Maior São João do Mundo desde 1983, quando foi realizado em uma palhoça onde depois foi construído o Parque do Povo. No acervo, pertencente à professora Cléa Cordeiro, é possível ver fotos da construção da Pirâmide e, depois dela construída, os muitos espetáculos que já recebeu. É possível também ficar sabendo que, em 1986, o São João de Campina Grande passou a fazer parte do calendário oficial de eventos da Empresa Brasileira
de Turismo (Embratur).

Geruza Martins, que recebe os visitantes do Memorial do Maior São João do Mundo, disse que uma das coisas que mais chamam a atenção dos turistas são o casal de bonecos de milho -Sabugildo e Milharilda- utilizados para divulgar as primeiras edições da festa. A cada ano, a trajetória do casal vai sendo contada, desde quando Sabugildo foi para a festa sozinho. No ano seguinte, conheceu Milharilda, depois começaram a namorar, casaram e tiveram filhos. Em 2013, quando o São João comemora 30 anos, o casal foi reeditado como símbolo da festa.

No Memorial do Maior São João do Mundo, carinhosamente decorado com muita chita -tecido de cores e estampas fortes - e adereços juninos, os visitantes ainda podem conhecer o espaço dedicado exclusivamente aos santos juninos -Santo Antônio, São João e São Pedro-, além de tirar fotos com roupas e adornos típicos. No local, outra lembrança pode ser revivida por quem frequentou o Parque do Povo nos seus primeiros anos: uma enorme garrafa de bebida, que servia, em uma época em que não existiam telefones celulares para facilitar a comunicação, de local de encontro.

Apesar do imenso acervo, o memorial está aberto a doações que possam enriquecer ainda mais a história do Maior São João do Mundo. Ele está aberto à visitação até o dia 7 de julho, data de encerramento do evento, das 18h às 22h.

Fonte: PrimaPagina Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade