Carnaval do Rio de Janeiro

publicidade
18 de fevereiro de 2012 • 18h24 • atualizado às 18h42

Com gari "Sorriso", 745 funcionários farão limpeza do Rio

Gari Renato Sorriso trabalhará mais uma vez no Carnaval do Rio de Janeiro
Foto: Cleomir Tavares/ Divulgação / AgNews

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) promete trabalhar neste Carnaval para manter a cidade limpa até o próximo dia 27, no desfile das campeãs, mas sem esquecer o bom humor, que já fez história em folias passadas com o gari Renato Luiz Feliciano Lourenço, mais conhecido como Sorriso.

Galeria de fotos: Veja fotos das rainhas de bateria de SP e Rio

O gari ganhou fama quando limpava a passarela sambando, no intervalo dos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí, em 1997. Sorriso disse que está animado para este Carnaval e que vai trabalhar no domingo (19) e na segunda-feira (20), a partir das 17h, no Sambódromo. Nos dias úteis, ele pode ser encontrado limpando a Praça Xavier de Brito, na Tijuca, onde trabalha há 16 anos.

Apesar da fama, que o levou a viajar pelo mundo e a fazer palestras ensinando a fórmula da alegria, inclusive para executivos, Renato Sorriso continua exercendo a função de gari com orgulho. "A fama passa, o trabalho e o emprego não."

Para este ano, a Comlurb montou um esquema de limpeza com 745 homens, que vão se revezar em dois turnos diários. A maior parte (445 garis) vai trabalhar no Sambódromo e no entorno, considerado o "centro nervoso do Carnaval" pelo assessor-chefe da Comlurb, Gustavo Affonso Puppi.

Puppi disse que todos os blocos programados pela Riotur têm efetivo da Comlurb. "Nós dividimos os blocos de Carnaval por categorias, que a gente chama de protocolos. Tem desde o bloco mais simples, que é protocolo três e tem de cinco a dez garis atrás, até o bloco superespecial, que seria o Bola Preta e o Monobloco, que têm um contingente de 50 garis atrás, com equipamentos, limpando."

A Comlurb instalou 1,2 mil contêineres no Sambódromo e no Terreirão do Samba para o descarte de lixo. Os garis contam com o suporte diário de 60 máquinas e equipamentos para auxiliar na limpeza das ruas, entre caminhões basculantes e compactadores, pás carregadeiras, mini-varredeiras, pipas d'água e kombis lava-jato para limpar a urina.

A companhia firmou convênio com o Movimento Nacional de Catadores do Rio de Janeiro para a coleta de materiais recicláveis no Carnaval, em parceria com a Riotur, a Coca Cola Brasil e a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa). "Dentro do Sambódromo tem a reciclagem especialmente de latinhas de alumínio e de garrafas plásticas por pessoal credenciado. Independentemente disso, tem muita gente atrás dos blocos fazendo reciclagem, fora do convênio", destacou o assessor da Comlurb.

Foram credenciados 80 catadores, para os quais será destinado o resultado financeiro da venda do material recolhido. De acordo com a Comlurb, eles vão usar durante o Carnaval 6 mil sacos plásticos de 150 litros e distribuirão aos foliões 100 mil sacolas biodegradáveis para acondicionar o lixo. No Carnaval do ano passado os catadores coletaram 44 toneladas de materiais recicláveis na Passarela do Samba durante os desfiles.

Nos nove postos de saúde instalados dentro do Sambódromo e ao longo do Terreirão, a limpeza e o trabalho de desinfecção e de coleta dos resíduos biológicos serão efetuados por 20 garis. O serviço é realizado diariamente, das 16h até 6h da manhã do dia seguinte.

Também na Avenida Rio Branco e no Carnaval da zona norte o esquema de limpeza será mantido. "A cada passagem de bloco ou escola tem uma equipe da Comlurb atrás." A coleta de lixo domiciliar continuará sendo feita regularmente. Caso haja alguma rua bloqueada para passagem de blocos, o horário será modificado. "A coleta é normal e a varredura de praia também acontece. Os serviços ocorrem normalmente, independentemente do Carnaval", disse Puppi.

O serviço de atendimento ao cliente para solicitação de serviços de limpeza urbana permanecerá disponível 24 horas, por meio do número de telefone 1746. De acordo com os dados da Comlurb, no Carnaval do ano passado foram removidas 1.304 toneladas de lixo.

Carnaval no Terra
O Terra transmite, ao vivo e em HD, a folia em Salvador. Não perca Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Daniela Mercury, Chiclete com Banana, entre outros, agitando o circuito Barra-Ondina. O ator Cassio Reis e a apresentadora baiana Érica Saraiva comandam o estúdio do camarote do Terra, entrevistando famosos - como a atriz Sharon Stone - entre os mais de 800 convidados por dia.

O portal também acompanha minuto a minuto todos os desfiles e a apuração das escolas de samba de Rio de Janeiro e São Paulo. Notícias, fotos, vídeos e a transmissão de Salvador também estão em tablets e no celular. Acesse m.terra.com.br/carnaval2012.

Agência Brasil