3 eventos ao vivo

Inocentes de Belford Roxo estreia no Grupo Especial homenageando Coreia

Escola foi campeã do grupo de acesso em 2012

10 fev 2013
21h09
atualizado em 27/2/2014 às 17h35
  • separator
  • 0
  • comentários

A Inocentes de Belford Roxo, campeã do Grupo de Acesso do Carnaval do Rio de Janeiro do ano passado, foi a primeira escola a desfilar no Sambódromo do Rio de Janeiro. Estreante no Grupo Especial, a agremiação apresentou o enredo As sete confluências do Rio Han - 50 anos de imigração da Coreia do Sul no Brasil, que fez uma homenagem aos 50 anos da imigração sul coreana no Brasil, tema explorado também no Carnaval de São Paulo pela Unidos de Vila Maria

O carnavalesco Wagner Gonçalves contou ter, inclusive, viajado junto com Chico Spinoza, autor do tema da agremiação de São Paulo, e trocado ideias a respeito da Coreia do Sul. "Não tive essa preocupação (de ser um tema repetido). Temos olhares diferentes, somos artistas diferentes. Cada um tem sua característica". 

Com 4 mil componentes, a escola trouxe o samba enredo As sete confluências do Rio Han, nome em homenagem à Coreia e ao Rio Han, que serviu de fio condutor para o desfile. A Comissão de Frente chamada "Calendário Lunar" contou com 15 dançarinos e um módulo e representou o zodíaco oriental e a passagem do ano do Tigre para o da Serpente. Vestidos de colãs brancas e peruca black power, os dançarinos se transformaram nos 12 animais do calendário coreano. A atriz Claudia Ohana veio como uma das passistas à frente deles.

Logo atrás da Comissão de Frente, estava o primeiro casal de mestre sala e porta-bandeira, uma das apostas da Inocentes. Demitidos da Portela, onde ficaram três anos, Lucinha Nobre (irmã do cantor Dudu Nobre) e Rogerinho estrearam na escola de Belford Roxo e representaram a Rosa de Sharon.

Com dois dragões articuláveis azuis na frente, o abre-alas recebeu o nome de "Nação" e tinha 45 m de comprimento. Na tradição coreana, dragões são seres aquáticos e representam a mitologia do país. Vinte e quatro mulheres e o apresentador João Kleber apareceram como destaque do primeiro carro alegórico. 

Com fantasia predominantemente branca e com detalhes de tons de azul, ala das baianas veio na sequência da alegoria e representou o fôlego debaixo d’água. Nas alas seguintes, a escola explorou temas como a arquitetura das casas do país asiático, o alfabeto Hangeul e os rituais do povo coreano. 

<p>Inocentes de Belford Roxo homenageou os 50 anos da imigração coreana no Brasil</p>
Inocentes de Belford Roxo homenageou os 50 anos da imigração coreana no Brasil
Foto: Dhavid Normando / Futura Press

A "Ancestralidade" foi o tema da segunda alegoria da Belford Roxo, que apresentou seis esculturas de homens representando a vida e a morte. Carro foi produzido com os restos de materiais de outras alegorias da escola.

O terceiro carro representou o cargueiro que trouxe os imigrantes coreanos ao Brasil, há 50 anos, e tinha fotos das primeiras famílias que chegaram no País. Fotos foram projetadas em sombrinhas que giraram na lateral da alegoria.

A quarta alegoria da Belford Roxo trouxe aspectos da cultura coreana, com a máscara Tokebi gesticulando na frente e representou a ponte cultural entre os países próximos. No quinto carro, que representou os Tigres Asiáticos, com um tigre branco articulável com patas robóticas, que emitia sons pelo Sambódromo. Atrás do tigre, painéis de LED iluminaram o carro e a avenida.

"A Fé Refletida" foi a sexta alegoria, que trouxe lanternas e budas dourados em uma estrutura vermelha. Além dos carros, alas que representavam o budismo, a construção naval e a tecnologia chamaram a atenção. Outro destaque ficou por conta da rainha Lucilene Caetano, que estreou no cargo. Com plumas laranjas e fantasia preta, a musa do MMA animou o público e a bateria, que trazia como diferencial alguns pratos orientais. A Inocentes de Belford Roxo conseguiu concluir o desfile sem estourar o tempo limite de 1 hora e 20 minutos.

Carnaval ao vivo no Terra 
O Terra transmite entre os dias 7 e 12 de fevereiro a passagem dos principais trios-elétricos pelos circuitos Barra-Ondina e Campo Grande de Salvador ao vivo e de graça no Terra via computadores, tablets, smartphones ou televisores conectados. A transmissão será em alta definição (HD) ou qualidade standard - dependendo da disponibilidade de banda do usuário - para todo o Brasil e demais países da América Latina. O portal também transmitirá tradicionais bailes e blocos de rua do Rio de Janeiro. Já no dia dos desfiles das escolas de samba do Rio e de São Paulo, o público poderá acompanhar todos os detalhes através de narração minuto a minuto e a apuração nota a nota que definirá as campeãs.

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; http://www.terra.com.br/diversao/infograficos/carnaval-2013-musas/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/diversao/infograficos/carnaval-2013-musas/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade