0

Para Paulo Barros, "conjunto da obra" venceu o Carnaval

Principal preocupação do carnavalesco da Unidos da Tijuca era fazer um desfile "alegre e divertido"

5 mar 2014
21h15
atualizado às 21h27
  • separator
  • 0
  • comentários

Na quadra da Unidos da Tijuca, o carnavalesco Paulo Barros comemora o quarto título da escola e o terceiro dele como parte da equipe da agremiação. Conhecido pela criatividade nos desfiles apresentados na Sapucaí, ele dividiu o crédito da conquista com todas as pessoas que fizeram parte de todo o processo de montagem dos destaques, da construção das fantasias e da criação do enredo. “Na verdade, foi tudo, a participação de todos da escola. Se alguém deixar de fazer alguma coisa, algum problema vai acontecer e vamos perder pontos, por isso o conjunto da obra foi o que fez a gente vencer”, contou.

<p>Paulo Barros comemora terceiro título como carnavalesco da Tijuca</p>
Paulo Barros comemora terceiro título como carnavalesco da Tijuca
Foto: Daniel Ramalho / Terra

Com uma homenagem ao piloto Ayrton Senna, a escola comemora o feito de ter levado o primeiro título do carnaval carioca que teve um esportista como enredo. “A escolha do tema é importante, mas não é fundamental”, explica.

Por isso, no ano em que é celebrado o 20º aniversário de morte do tricampeão mundial de F1, a principal preocupação do carnavalesco era levar ao público a alegria do Carnaval e afastar a tristeza que o tema poderia sugerir. “A figura do Ayrton significa carinho e respeito de nós brasileiros por ele, mas mais importante que isso foi desenvolver o enredo de uma maneira que não ficasse algo triste. Fiz questão que tivesse uma pegada alegre e divertida”.

A Unidos da Tijuca levou o título com uma diferença mínima do segundo colocado, o Salgueiro, e da terceira escola, a Portela. Mas, de acordo com Paulo Barros, a disputa acirrada mostra o quanto o Carnaval do Rio de Janeiro é “nivelado”. “Considero essa diferença pequena normal, isso mostra que a maioria das escolas está bem preparada”.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade