0

RJ: rainhas do Carnaval carioca falam de suas expectativas

5 mar 2011
23h59
atualizado em 6/3/2011 às 00h39

Todos os anos a escolha da rainha de bateria é sempre cercada de preocupação por parte das escolas, e comentários por parte do público e da mídia. Afinal, o posto mais cobiçado de uma escola de samba não poderia ser como qualquer outro. Às vezes, não contente em ter uma musa como rainha, a agremiação opta por convidar várias, deixando mais evidente o desfile.

"O que me chama a atenção é o quanto os tijucanos tem garra", diz a rainha de bateria Adriane Galisteu
"O que me chama a atenção é o quanto os tijucanos tem garra", diz a rainha de bateria Adriane Galisteu
Foto: Anderson Borde / AgNews

Este ano foi a vez da Vila Isabel convidar um time de musas para desfilar. Inclusive a paulista Sabrina Sato, que pela primeira vez ocupa o posto no Rio. "É um sonho, nunca imaginei, é uma responsabilidade muito grande, faz parte da história do Carnaval e preciso tratar muito bem", disse.

Imperatriz Leopoldinense
Enquanto algumas reinam pela primeira vez, há aquelas que há muito tempo são soberanas em seus postos. Luiza Brunet desfila há 16 anos no Carnaval, e desde o primeiro é rainha de bateria. "Ser rainha é vestir a camisa. Fico um ano esperando, ansiosa, para chegar nesta época do ano", disse. Perguntada em se aposentar da Sapucaí, a musa disse: "No Carnaval e em time de futebol, você nunca se aposenta."

São Clemente
À frente da São Clemente vem a bela Bruna Almeida, que embora seja sobrinha do presidente da escola, ocupa há 12 anos o posto. A identificação dela com o Rio é grande, ela já posou tendo o Pão de Açúcar como cenário."Sou nascida e criada em Botafogo, é impossível passar e não reparar na beleza dessa enseada", disse.

Unidos da Tijuca
Outra com cadeira cativa no Carnaval carioca é a apresentadora Adriane Galisteu, há 16 anos desfilando na Sapucaí. Ela lembra que a vontade dos membros da Unidos da Tijuca é fundamental para o sucesso do Carnaval. "Sinceramente, o mais significante para mim e o que me chama atenção é o quanto os tijucanos têm garra. Eles levantam o chão, é diferente de qualquer outra escola. É samba mesmo", disse.

Mangueira
A rainha da Mangueira, Renata Santos, também elogia os membros da agremiação, lembrando o que há de melhor na escola: "sem dúvida é a sua gente guerreira", disse. Este ano a Mangueira homenageia, Nelson Cavaquinho, um de seus membros mais ilustres.

Unidos do Rio
A musa Bruna Bruno da Unidos do Rio, está confiante, embora grande parte das fantasias da escola, inclusive a sua, tenham pegado fogo na Cidade do Samba."Represento a Borboleta Monarca. Esse será o desfile da superação", promete.

Salgueiro
Na Salgueiro, a musa deste ano, Viviane Araújo, tem no currículo o prêmio de ter sido eleita a melhor rainha de bateria da agremiação."Desfilar aqui e ser rainha dessa escola é meu auge, é muito além de tudo que eu já vivi no Carnaval", afirma.

Padre Miguel
Outra rainha estreante no Carnaval do Rio é Andréa Andrade, da Mocidade Independente de Padre Miguel. Ela se envolveu tanto que pensou em ir morar perto da agremiação. "Neste Carnaval, pensei em alugar uma casa aqui. Passei os fins de semana envolvida com os ensaios da quadra e de rua e, durante a semana, ensaiava com a bateria. Quando chego, meu carro é logo cercado", disse.

Grande Rio
Enquanto algumas já chegam ao posto máximo na primeira vez, outras batalham para conseguir. É o caso de Cris Vianna, que após seis anos desfilando, será seu primeiro como rainha de bateria da Grande Rio."Foi um lindo presente que eu ganhei. Escolhi estar na escola, independentemente de ser rainha", garantiu.

Porto da Pedra
Tamiris Cordeiro, 20 anos, terá a responsabilidade de representar a musa Hellen Rocche, na Porto da Pedra. Conhecimento da escola ela já tem. "A Porto da Pedra não defende só um bairro, mas uma cidade. É orgulho de todo morador de São Gonçalo", diz ela.

Beija Flor
A rainha da Beija Flor também é outra que desde pequena chegou à escola. Raíssa Oliveira caprichou no visual, fez um implante de silicone e uma lipoescultura no abdômen. "Eu me sinto mais bonita. O ego está lá em cima", confessa.

Portela
Fechando o time de rainhas das principais escolas do Rio está a rainha da Portela, Sheron Menezzes. A escola também sofreu com os incêndios na Cidade do Samba, mas a gaúcha garante o empenho. "Vamos desfilar na raça", garante.

Carnaval no Terra
O Terra transmite, ao vivo e em HD, a folia em Salvador. Não perca Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Daniela Mercury, Chiclete com Banana, entre outros, agitando o circuito Barra-Ondina.

O portal também acompanha minuto a minuto todos os desfiles e a apuração das escolas de samba de Rio de Janeiro e São Paulo.

Notícias, fotos, vídeos e a transmissão de Salvador também estão em tablets e no celular. Acesse m.terra.com.br/carnaval2011.

O Dia O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.

compartilhe

publicidade