3 eventos ao vivo

De Dodô e Osmar a Brown: conheça a história do trio elétrico

8 mar 2011
14h10
atualizado às 17h19
Priscila Tieppo
Direto de Salvador

Um carro com um som potente mudou a história do Carnaval baiano. A dupla Dodô e Osmar apareceu com um calhambeque no meio da avenida, em 1950, quando passava o bloco Fantoches da Euterpe.

Conta a história que o primeiro trio elétrico, chamado Fobica, foi vaiado pelos foliões do bloco, mas aplaudido por quem passava na avenida, em direção à Praça Castro Alves. Quando Dodô e Osmar paravam de tocar, atendendo aos pedidos do bloco, o público pedia mais músicas. E desta forma, a apresentação que começou no domingo de Carnaval daquele ano seguiu até terça-feira.

Assim nasceu o trio elétrico. Esta história está marcada no trio de Armandinho, Dodô e Osmar que desfilou no circuito Barra-Ondina no domingo e na segunda-feira e volta a se apresentar nesta terça-feira. Em formato de calhambeque, o trio faz homenagem ao seu precursor.

Hoje, os trios estão grandes, imponentes e arrastam milhões de pessoas. Isso tudo para atender aquele que se tornou o maior Carnaval feito nas ruas e atrai turistas de todo o mundo. Em Salvador, a multidão compra abadás que chegam a R$ 1,2 mil para pular atrás do trio. Dodô e Osmar começaram com vaias e de graça, quem diria.

Modernos
O carro baixo e pequeno se transformou em uma carroceria de caminhão cheia de adornos e com som que faz tremer o chão de tão potente. Os cantores que se apresentam na folia inovam a cada ano e fazem do trio um palco para performances das mais diferentes.

Daniela Mercury, por exemplo, fez do seu palco um espaço para o teatro, para a pintura e para a dança, homenageando a arte. Com uma megaestrutura, a cantora sacudiu o circuito e os fãs. Já Ivete Sangalo usa uma plataforma móvel para se aproximar do público, já que os trios altos não deixam isso acontecer.

Por outro lado, Carlinhos Brown, que sai em um trio independente sem corda - ou seja, não é necessário pagar para participar -, prefere desfilar no chão, enquanto o trio o segue. O trio elétrico do cantor guarda histórias. Esta carroceria já está com ele há anos e, reformada, esteve até nos carnavais da Espanha, em 2004 e 2005, com o nome de "camarote andante".

Os alto-falantes localizados no entorno do carro são conhecidos como boca-sedã e eram usados para propagar o som nos trios antigos. Hoje, Carlinhos usa apenas luzes, unindo o moderno design com os antigos adornos.

Carnaval no Terra
O Terra transmite, ao vivo e em HD, a folia em Salvador. Não perca Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Daniela Mercury, Chiclete com Banana, entre outros, agitando o circuito Barra-Ondina.

O portal também acompanha minuto a minuto todos os desfiles e a apuração das escolas de samba de Rio de Janeiro e São Paulo. Notícias, fotos, vídeos e a transmissão de Salvador também estão em tablets e no celular. Acesse m.terra.com.br/carnaval2011.

Fonte: Terra
publicidade