Carnaval de São Paulo

publicidade
02 de março de 2014 • 01h02 • atualizado às 01h59

Mocidade exalta fé, se ajoelha na avenida e levanta Anhembi

Depois de conquistar os dois últimos títulos do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo, a Mocidade Alegre prestou um tributo à fé em seu desfile neste ano. Em busca do tri, a escola apresentou diversas facetas de um dos sentimentos mais marcantes do ser humano, mas encantou o público no Sambódromo do Anhembi ao fazer os integrantes se ajoelharem na avenida. 

Confira a Previsão do Tempo para São Paulo no Carnaval

“Andar com fé eu vou... que a fé não costuma falhar!” foi o enredo da escola, a terceira a desfilar na madrugada deste domingo, último dia do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo. A temática da escola, contudo, não ficou restrita ao caráter religioso da fé, muito embora este tenha sido o fio-condutor do desfile. Santos, contas e amuletos não faltaram, nem na letra do samba e nem nas fantasias dos integrantes. 

Assista ao making of do ensaio de Aline OliveiraClique no link para iniciar o vídeo
Assista ao making of do ensaio de Aline Oliveira

Um dos grandes momentos da apresentação da Mocidade foi uma longa parada realizada pela bateria da escola - durante a pausa, os integrantes da escola se ajoelharam na avenida e enriqueceram a passagem da agremiação pelo Anhembi - o público nas arquibancadas reagiu de maneira positiva. Outro importante detalhe da performance foi a comissão de frente - os bailarinos desfilaram de olhos vendados, reforçando que "a fé é cega". 

A escola ilustrou a ligação de crenças ao enredo, como o azar por ter o caminho cruzado por um gato preto ou por quebrar um espelho. “Na crença do mandingueiro, figa de guiné, patuá”, cantou a Mocidade. As previsões também estiveram presentes no desfile, com lembranças ao horóscopo e à numerologia. Até as baianas se vestiram de ciganas. 

O desfile contou com uma variedade grande de cores e tons no Anhembi e terminou com um recado: a importância da fé interior - religiões à parte, o importante é andar com fé. A apresentação terminou 65 minutos, mas os integrantes conseguiram fechar os portões no limite do tempo máximo. 

Após a Mocidade Alegre, mais quatro escolas passam pelo Sambódromo do Anhembi: Nenê de Vila Matilde, Águia de Ouro, Império de Casa Verde e Acadêmicos do Tatuapé. 

<a data-cke-saved-href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/duelo-bumbuns-rio-x-sp/" data-cke-713-href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/duelo-bumbuns-rio-x-sp/">veja o infográfico</a>

<a data-cke-saved-href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/musas-do-carnaval-2014/" href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/musas-do-carnaval-2014/">veja o infográfico</a>
Terra