4 eventos ao vivo

Amigo diz que ator de 'Glee' parecia bem dois dias antes de morrer

15 jul 2013
09h12
atualizado às 09h16
  • separator
  • 0
  • comentários

Dois dias antes de ter sido encontrado morto no último sábado (13), Cory Monteith teve "uma noite tranquila, mas bastante divertida e regada a muitas risadas" ao lado de um de seus primeiros mentores, Maureen Webb. "Ele parecia tão bem, tão saudável", disse Webb, que é co-fundador do Projeto Limelight Society, uma instituição de caridade de Vancouver, situada perto do local onde o ator passou grande parte de sua vida. As informações são do site da revista People. 

<p>Aos 31 anos, o ator canadense Cory Monteith, o Finn Hudson da s&eacute;rie &#39;Glee&#39;, foi encontrado morto em um hotel de Vancouver</p>
Aos 31 anos, o ator canadense Cory Monteith, o Finn Hudson da série 'Glee', foi encontrado morto em um hotel de Vancouver
Foto: Getty Images

"Eu não o via tão bem há um longo tempo", completou, ao lembrar que, juntamente com a asessora de Monteith, Elena Kirschner, jantaram em um restaurante que apoia a organização. "Nós comemos um monte de comida e bebemos apenas limonada", afirmou.

Monteith também teria dito, durante o passeio, que gostaria de se envolver mais no projeto social do amigo e ajudar crianças com um programa de artes sem fins lucrativos.

O caso
Aos 31 anos, o ator canadense Cory Monteith, o Finn Hudson da série Glee, foi encontrado morto em um quarto no hotel Fairmont Pacific Rim, em Vancouver, nesse sábado (13). A polícia e os paramédicos não acharam sinais de crime e a causa da morte não estava imediatamente aparente, disse em coletiva de imprensa a médica legista chefe de British Columbia, Lisa Lapointe. A autópsia está marcada para esta segunda-feira (15).

Questionado se Monteith morreu de uma overdose de drogas, o chefe do Departamento de Polícia de Vancouver, Doug Lepard, afirmou que "não discutiria qualquer coisa que poderíamos ter encontrado no quarto neste momento".

Outras pessoas estavam no quarto do ator na noite de sexta-feira (12), mas evidências indicam que ele voltou para o local sozinho na madrugada de sábado, disse a polícia. Segundo o site TMZ, funcionários do hotel entraram no quarto por volta de meio-dia, depois que o astro não apareceu para fazer o check-out no horário. Ele estava morto há várias horas quando seu corpo foi encontrado, afirmou Lapointe.

Em abril, Cory Monteith passou cerca de um mês em uma clínica de reabilitação para tratar sua dependência química. Em 2011, o astro contou, em entrevista à revista Parade, que usava drogas desde os 13 anos e buscava ajuda para se libertar do vício desde os 19, quando sua mãe e amigos intervieram. Ele era namorado da atriz Lea Michele (Rachel Berry na série Glee).

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade