1 evento ao vivo

Atores da Globo protestam contra extermínio de cães no Pará

9 jun 2013
17h33
atualizado às 17h33
  • separator
  • 0
  • comentários

O casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank participou de um protesto realizado em Belém, no Pará, neste domingo (9), contra extermínio de cães na cidade de Santa Cruz do Arari, na Ilha do Marajó. Também esteve na manifestação a atriz Fiorella Mattheis.

O casal Lea Michele e Cory Monteith, conhecido por atuar na série 'Glee', participou do evento beneficente 12th Annual Chrysalis Butterfly Ball, no sábado (8), em Brentwood, na Califórnia, nos Estados Unidos. A atriz chamou a atenção dos presentes, ao aparecer com um vestido branco longo
O casal Lea Michele e Cory Monteith, conhecido por atuar na série 'Glee', participou do evento beneficente 12th Annual Chrysalis Butterfly Ball, no sábado (8), em Brentwood, na Califórnia, nos Estados Unidos. A atriz chamou a atenção dos presentes, ao aparecer com um vestido branco longo
Foto: Getty Images

Em seu Instagram, Ewbank registrou o protesto publicando fotos e escrevendo mensagens de indignação. “Já estamos aqui em Belém na passeata lutando pelos animais de Santa Cruz do Arari!! Assine você também a petição em www.peticaopublica.com br e nos ajude a lutar por essa causa!!! #pamplonaassassino #pará #justiça #crueldadenuncamais #luto”, postou a atriz.

Entenda o caso
A Polícia Civil do Pará vai investigar o prefeito de Santa Cruz do Arari (PA), Marcelo Pamplona (PT), e moradores da cidade, pela suspeita de maus tratos a animais, depois que imagens que demonstram a população capturando cachorros no município, supostamente a mando da prefeitura, foram entregues à Delegacia Especializada em Meio Ambiente (Dema), na semana passada.

De acordo com os investigadores da delegacia especializada, para controlar a sujeira e o número de cachorros na cidade, a prefeitura teria oferecido dinheiro a quem capturasse e entregasse ao poder público os cães que vivem nas ruas do município. 

Motivados pelo valor pago, moradores da cidade passaram a capturar cachorros, inclusive os com donos, e entregá-los à prefeitura. A polícia pretende descobrir o que foi feito com os cães; se eles foram mortos ou encaminhados para abrigos. 

Segundo policiais da Dema, a delegada Vera Batista se encaminhou na quarta-feira (5) para a cidade, acompanhada de três investigadores, para dar início às investigações. 

Caso seja constatada a responsabilidade do prefeito no caso, a polícia fará um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO), que será encaminhado para o Tribunal de Justiça do Pará (TJ-PA). Se a denúncia de maus tratos for confirmada, as pessoas envolvidas poderão ser condenadas a até três anos de prisão.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade