PUBLICIDADE

Ellen DeGeneres mostra talento em 30 ações sociais; conheça

16 jul 2014 08h00
| atualizado às 08h00
ver comentários
Publicidade

Em 1981, ela era apenas uma humorista que divertia pequenas plateias de stand-up comedy nos Estados Unidos. Em pouco mais de 30 anos de carreira, da graça nasceu um império. Dona de um dos talk shows mais bem sucedidos da TV americana, o The Ellen DeGeneres Show, a apresentadora e comediante Ellen DeGeneres, 56 anos, tem um sucesso e um talento que ultrapassam as boas piadas, a grande habilidade no palco ou a desenvoltura invejável como mestre de cerimônias – ela é também uma grande ativista, que contribui com mais de 30 entidades sociais e mantém suas próprias campanhas e projetos.

Reconhecida por seu programa, que em junho último recebeu pela oitava vez o Grammy de melhor talk show de entretenimento, a apresentadora deu o que falar na premiação do Oscar este ano: Ellen divertiu o público, pediu pizza e foi responsável pelo post mais compartilhado da história do Twitter – um selfie cercado de astros de Hollywood, gerando mais de 3 milhões de compartilhamentos na rede social. Uma fabricante de eletrônicos premiou a iniciativa doando US$ 3 milhões (R$ 6,6 milhões) a duas instituições de caridade escolhidas por ela.

Há 16 anos, a artista foi protagonista de uma das capas mais famosas da revista americana Time, que no dia 14 de abril de 1997 chegava às bancas com os dizeres: “Yep, I’m gay” (Sim, sou gay). Após a declaração, Ellen ficou três anos sem trabalhar e demorou ainda mais tempo para conseguir encarar o público. As coisas só melhoraram quando ela deu a volta por cima dublando a personagem Dóris, no filme Procurando Nemo, e estreou seu talk-show. Hoje ela vem se firmando como uma das maiores ativistas LGBT do mundo, tendo atuado fortemente na campanha pelo fim da Lei que proibia o casamento entre pessoas do mesmo sexo nos Estados Unidos.

As bandeiras de Ellen são diversas
Junto do ator Ben Affleck, a comediante lançou, em 2006, a Small Change Campaign (Campanha do Trocado), para contribuir com o Feeding America (Alimentando a América), uma organização que distribui comida e tem o objetivo de aumentar a consciência pública acerca da fome. “No momento, há 35 milhões de americanos vivendo no limite da fome e um terço deles são crianças com menos de um ano de idade. Um dólar do seu troco vai permitir que 16 refeições sejam compradas e oferecidas a quem mais precisa”, ressaltou ela no lançamento da campanha.

A apresentadora apoia ainda programas de luta contra o câncer de mama, contribui com a Cruz Vermelha, luta contra o racismo e participa de organizações anti-bullying. Suas ações, no entanto, vão muito além dessas entidades, Ellen luta fortemente para que todas as pessoas sejam tratadas de forma justa e direita.

Por meio de suas ações, atitudes e gestos diários, há uma importante mensagem que ela busca vivenciar constantemente, encorajando outras pessoas a fazer o mesmo: “Contribua com o mundo. Ajude as pessoas. Ajude uma pessoa. Ajude alguém a atravessar a rua hoje. Ajude alguém que está tentando ajudar você. Apenas ajude. Seja impactante. Mostra a alguém que você se importa. Diga sim ao invés de não. Diga algo agradável. Sorria. Olhe nos olhos. Abrace”.

Fonte: Dialoog Comunicação
Publicidade
Publicidade