0

Empresa de filmes pornôs convida John Mayer para ser roteirista e diretor

15 fev 2010
10h10
atualizado às 10h22

A polêmica entrevista do cantor John Mayer para a última edição da revista Playboy americana ainda rende. Isso porque na conversa com a revista, Mayer diz que um de seus sonhos é de escrever sobre pornografia.

A Vivid Entertainment, uma das gigantes no ramo de filmes pornôs nos EUA, não perdeu tempo e mandou uma carta convidativa ao músico, oferecendo a ele emprego como diretor e roteirista de um de seus próximos projetos, informa o site TMZ. No comunicado enviado para Mayer, os executivos alegam que ele seria um ótimo colaborador da empresa, já que "seus talentos já tocaram tanta gente".

Ainda na conversa com a Playboy, Mayer admitiu que gosta muito de filmes adultos e masturbação -e contou ainda que hoje prefere se divertir sozinho a fazer sexo casual. "Durante o sexo eu passo um filminho na minha cabeça. Eu continuo me masturbando. E esse é meu problema agora. Em vez de conhecer alguém novo, eu prefiro ir para casa repassar tudo que eu já vivi", diz.

Mayer também disse que sua ex-namorada, a cantora Jessica Simpson, era como "uma bomba sexual". "Aquela garota era como cocaína para mim". E continuou: "Você já conheceu alguém que o fez dizer, 'eu quero desistir da minha vida e só transar com você? Se você me cobrasse US$ 10 mil para transar com você, eu começaria a vender todas as minhas coisas só para continuar transando'".

John Mayer
John Mayer
Foto: Jason Kempin / Getty Images
Fonte: Terra
publicidade