2 eventos ao vivo

Ex-presidente Lula: "Dona Canô foi exemplo de mulher"

25 dez 2012
14h28
atualizado às 21h40
  • separator
  • 0
  • comentários

Em nota de pesar divulgada nesta terça-feira (25), o ex-presidente Lula lamentou a morte de Dona Canô, mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia. "Foi um exemplo de mulher, de mãe e uma referência de sabedoria e generosidade para sua família, para Santo Amaro da Purificação, para a Bahia e  para o Brasil. Para nós foi também uma grande amiga, da qual sempre lembraremos com muito carinho. Nesse dia de Natal marcado pela tristeza de sua partida, estendemos nossa solidariedade a seus familiares e amigos", afima o comunicado assinado por Lula e a mulher, Dona Marisa Letícia.

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, também se pronunciou: "cercada de amor e religiosidade, Dona Canô simbolizou a família e a fé inquebrantável. Da sua Santo Amaro da Purificação, representou a simplicidade e grandeza de espírito do povo baiano. Bethânia e Caetano são hoje a síntese da força desta grande mulher. Para toda família Veloso e brasileiros, uma perda sentida".



Canô morreu na manhã desta terça-feira, aos 105 anos. Figura ilustre da Bahia, ela foi internada no Hospital São Rafael, em Salvador, no dia 15 de dezembro após sofrer uma isquemia cerebral transitória. Em novembro, ela já havia sido internada com uma infecção respiratória. Na sexta-feira (21), Dona Canô recebeu alta e foi para casa, em Santo Amaro da Purificação, onde estava sendo tratada por home care.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade