4 eventos ao vivo

Fox começa a pensar o que fazer com 'Glee' após morte de ator

15 jul 2013
12h32
atualizado às 12h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Após uma autópsia no corpo de Cory Monteith, encontrado em um hotel de Vancouver, no Canadá, no último sábado (13), os produtores do canal Fox, já começam a pensar no que fazer com os dois primeiros episódios da quinta temporada de Glee, que teria grande participação do ator.

<p>Aos 31 anos, o ator canadense Cory Monteith, o Finn Hudson da série Glee, foi encontrado morto em um quarto no hotel Fairmont Pacific Rim, em Vancouver</p>
Aos 31 anos, o ator canadense Cory Monteith, o Finn Hudson da série Glee, foi encontrado morto em um quarto no hotel Fairmont Pacific Rim, em Vancouver
Foto: Getty Images

Ouça músicas da série Glee no Kboing

O canal norte-americano tinha planejado estrear a temporada em 19 de setembro, antes do torneio de beisebol tomar conta da programação, e a presença de Monteith era muito esperada pelos fãs. Isso porque o ator de 31 anos se ausentou dos últimos episódios da série para se internar em uma clínica de reabilitação, em março. Quando isso ocorreu, a Fox desejou, em comunicado, melhoras ao ator.

Os dois primeiros episódios, que já tinham sido escritos antes da pausa de verão, seriam gravados na próxima semana, e trariam novamente o personagem Finn Hudson mesmo após se formar na McKinley High School.

Agora, com a repentina morte do ator, os produtores de Glee têm a opção de escrever sua trágica morte dentro do seriado e conseguir audiência ainda maior ou apagar a presença de Monteith com um luto selado. 

O caso
Aos 31 anos, o ator canadense Cory Monteith, o Finn Hudson da série Glee, foi encontrado morto em um quarto no hotel Fairmont Pacific Rim, em Vancouver, nesse sábado (13). A polícia e os paramédicos não acharam sinais de crime e a causa da morte não estava imediatamente aparente, disse em coletiva de imprensa a médica legista chefe de British Columbia, Lisa Lapointe. A autópsia está marcada para esta segunda-feira (15).

Questionado se Monteith morreu de uma overdose de drogas, o chefe do Departamento de Polícia de Vancouver, Doug Lepard, afirmou que "não discutiria qualquer coisa que poderíamos ter encontrado no quarto neste momento".

Outras pessoas estavam no quarto do ator na noite de sexta-feira (12), mas evidências indicam que ele voltou para o local sozinho na madrugada de sábado, disse a polícia. Segundo o site TMZ, funcionários do hotel entraram no quarto por volta de meio-dia, depois que o astro não apareceu para fazer o check-out no horário. Ele estava morto há várias horas quando seu corpo foi encontrado, afirmou Lapointe.

Em abril, Cory Monteith passou cerca de um mês em uma clínica de reabilitação para tratar sua dependência química. Em 2011, o astro contou, em entrevista à revista Parade, que usava drogas desde os 13 anos e buscava ajuda para se libertar do vício desde os 19, quando sua mãe e amigos intervieram. Ele era namorado da atriz Lea Michele (Rachel Berry na série Glee).

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade