Homem pega 6 meses em centro de reabilitação por perseguir Mila Kunis

atualizado em 23/1/2013 às 00h59
  • separator
  •  
  • comentários

Um homem de 27 anos foi condenado nesta terça-feira a passar seis meses em um centro de reabilitação por ter perseguido a atriz Mila Kunis, de 29. Stuart Lynn Dunn foi acusado de acossamento, apesar de uma ordem anterior que o proibia de se aproximar da atriz, após uma primeira detenção em janeiro por ter entrado em um apartamento vazio de propriedade de Kunis.

 Foto: Getty Images
Stuart Lynn Dunn foi acusado de acossamento, apesar de uma ordem anterior que o proibia de se aproximar da atriz
Foto: Getty Images

Em fevereiro de 2012, ele reconheceu essa perseguição e recebeu uma ordem para se manter longe de Mila Kunis. No entanto, três meses depois, em 4 de maio, foi detido de novo depois de ter ido três dias seguidos à academia da atriz de origem ucraniana.

Ela atuou no cinema em filmes como Cisne Negro ou Amizade Colorida . Kunis foi revelada por suas participações em séries como Walker, Texas Ranger e That 70's Show . Kunis ganhou um Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante por sua atuação em Cisne Negro , recebido em 2011.

AFP    

compartilhe

comente

  •  
  • comentários
publicidade
publicidade