Morre David Carradine, da série 'Kung Fu' e de 'Kill Bill'

04 de junho de 2009 • 11h13 • atualizado às 14h02
David Carradine foi encontrado morto em seu quarto de hotel Foto: Getty Images
David Carradine foi encontrado morto em seu quarto de hotel
04 de junho de 2009
Foto: Getty Images

O ator David Carradine foi encontrado morto em seu quarto de hotel em Bancoc, capital da Tailândia. Segundo a mídia local, a polícia trabalha com a hipótese de suicídio, já que ele teria sido encontrado pendurado com uma corda no pescoço. Segundo a publicação especializada em cinema Variety, Michael Turner, porta-voz da embaixada americana na Tailândia, diz que não irá divulgar detalhes da morte a pedido da família de Carradine.

O ator estava no país gravando seu filme mais recente, chamado Strecht. Segundo o site da BBC, Jonathan Head, seu personal trainer, disse estar "chocado" com a morte do ator. "Ele estava cheio de vida, sempre querendo trabalhar. Era uma ótima pessoa", disse Head.

Carradine, que tinha 72 anos, ficou conhecido pelo olhar enigmático, roupas mal ajambradas e pela indefectível bolsa a tiracolo de seu personagem mais famoso: Kwai Chang Caine, o aprendiz e depois mestre de Kung Fu e protagonista da série de TV Kung Fu, exibida originalmente entre 1972 e 1975.

Filho e irmão de atores - seu pai, foi John Carradine (1906-1988), e seus irmãos são Keith e Robert Carradine e Michale Bowe -, em sua carreira de 46 anos, David realizou mais de 200 trabalhos no cinema e na TV, chegando a trabalhar com Martin Scorsese e Igmar Bergman.

Nos anos 2000, a carreira do ator ganhou um refil de prestígio ao interpretar Bill, o líder de uma gangue de assassinos de aluguel, nos longas Kill Bill - Volume 1 (2003) e Kill Bill - Volume 2 (2004), do cineasta Quentin Tarantino. Pelo segundo filme, ele foi indicado ao Globo de Ouro.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »