0

Lemmy está bem após abandonar show por problemas de saúde, diz Motörhead

5 ago 2013
15h20
atualizado às 15h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Lemmy Kilmister teve apenas um excesso de confiança que o levou a exagerar um pouco demais. Ao menos foi assim que o Motörhead justificou o repentino cancelamento de um show realizado pela banda na sexta-feira (2), no festival alemão Wacken Open Air, em comunicado divulgado nesta segunda (5). A apresentação no evento, o maior de heavy metal da Europa, durou pouco mais de meia hora, pois o músico precisou abandonar o palco após se sentir mal.

Músico de 67 anos recebe prêmio ao lado dos integrantes do Slipknot em evento realizado em maio
Músico de 67 anos recebe prêmio ao lado dos integrantes do Slipknot em evento realizado em maio
Foto: Getty Images

"O show precisou continuar porque é assim que Lemmy joga. Mesmo que ele não estivesse 100%, ele se recusou a decepcionar aqueles 85 mil fãs no Wacken", disse o pequeno texto, se referindo ao momento do show em que Lemmy deixou o palco e o guitarrista Phil Campbel e o baterista Mikkey Dee continuaram a tocar, na esperança de que o líder do trio retornasse.

"Os fãs quebraram tudo sob um calor de 37°C  em um set curto, porém poderoso, antes de Lemmy finalmente perceber que talvez tivesse mordido um pouco mais do que podia mastigar. Sabemos que rumores têm voado por todos os lados, mas, assim que Lemmy recarregar as baterias, o Motörhead voltará. Não se preocupem."

Um comunicado mal apurado, divulgado pela produtora brasileira Top Link no domingo (4), chegou a afirmar que o músico havia morrido. Em poucas horas, no entanto, o documento foi desmentido pela própria empresa - e, finalmente, pela banda.

Além de ter fundado e levado o Motörhead nas costas há quase 40 anos, Lemmy, 67 anos, é conhecido por seu estilo de vida regado à álcool e drogas - ele afirma tomar uma garrafa de Jack Daniel´s todos os dias desde os 30. O músico obrigou a banda britânica a cancelar shows na Europa no mês de julho, devido a hematomas em órgãos e problemas cardíacos. 

Diabético, Lemmy já precisou amputar dedos dos pés devido à doença. Médicos que prestaram relato para sua biografia afirmaram: "pela lógica da medicina, Lemmy já devia estar morto".

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade