0

Marido de Nigella Lawson minimiza agressão: "briguinha travessa"

17 jun 2013
20h37
atualizado às 20h47
  • separator
  • 0
  • comentários

O publicitário e colecionador de arte Charles Saatchi minimizou nesta segunda-feira (17) as fotos em que aparece segurando o pescoço de sua mulher, a culinarista de TV Nigella Lawnson, no que ele descreveu como "briguinha travessa".

<p>Chef saiu chorando de um restaurante após suposta agressão</p>
Chef saiu chorando de um restaurante após suposta agressão
Foto: Reprodução

O jornal britânico Sunday Times publicou no domingo (16) as fotos em que Nigella aparece sendo agarrada e chorando, enquanto o casal jantava no terraço de um restaurante no sofisticado bairro londrino de Mayfair, em 9 de junho.

Saatchi, de 70 anos, também foi visto beliscando o nariz de Nigella, de 53 anos, antes de sair do restaurante. O publicitário, que escreve uma coluna no jornal The Evening Standard, disse ao jornal que admite o impacto das imagens, mas que elas passam uma impressão equivocada.

"Há cerca de uma semana, estávamos sentados no lado de fora de um restaurante tendo um intenso debate sobre os filhos, e segurei o pescoço de Nigella repetidamente na tentativa de enfatizar meu argumento", afirmou ele.

"Não houve agarrão. Foi uma briguinha travessa. As fotos são horríveis, mas passam uma impressão bem mais drástica e violenta do que ocorreu. As lágrimas de Nigella foram porque ambos odiamos discutir, não porque ela havia se machucado."

Nigella não foi imediatamente localizada para comentar.

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade