0

Médico de Michael Jackson diz não ter dinheiro para advogado

14 dez 2011
17h51

O médico de Michael Jackson solicitou um defensor público para trabalhar na apelação da sua condenação pelo homicídio culposo do cantor. Conrad Murray admitiu não ter condições de pagar por um advogado. As informações são do site

Conrad Murray solicitou um defensor público para o seu caso
Conrad Murray solicitou um defensor público para o seu caso
Foto: Reprodução

NME

.

Ele já está cumprindo uma pena de quatro anos e formalizou o pedido para que seja atendido por um defensor público nesta terça-feira (13). O médico disse que gostaria de recorrer tanto da apelação como da condenação, mas até agora não apresentou a documentação necessária.

Murray também foi condenado a pagar aos três filhos de Michael Jackson uma quantia em torno de US$ 100 milhões para arcar com os custos do funeral e com as perdas causadas pelo cancelamento dos shows que estavam previstos para acontecer pouco depois da morte de Jackson, em junho de 2009.

Fonte: Terra
publicidade