"Perdi meu irmão", diz produtor musical sobre Michael Jackson

25 de junho de 2009 • 20h44 • atualizado em 26 de junho de 2009 às 09h06
Michael Jackson morre aos 50 anos em Los Angeles Foto: Getty Images
Michael Jackson morre aos 50 anos em Los Angeles
25 de junho de 2009
Foto: Getty Images

O produtor musical Quincy Jones disse em entrevista ao jornal New York Times, nesta quinta-feira (25), que a morte de Michael Jackson significa que ele perdeu um amigo que considerava como irmão. "Eu estou absolutamente devastado com essa trágica e inesperada notícia. Eu perdi meu pequeno irmão hoje, e parte da minha alma foi com ele", afirmou.

Jones trabalhou com Michael Jackson no álbum Thriller, de 1982. Em nota, o produtor disse que Michael tinha tudo: "talento, graça, profissionalismo e dedicação".

Segundo o diretor John Landis, Michael "tinha uma vida turbulenta e complicada", mas seu legado e sua contribuição à música serão lembrados para sempre.

Já o reverendo Al Sharpton, ativista e líder da comunidade negra nos Estados Unidos, afirmou que a popularidade alcançada por Michael foi marcante. "Ele foi uma figura histórica e o que fez com sua música teve uma grande repercussão", disse.

"Nenhuma polêmica apagará o impacto histórico de sua música e de seu carisma", acrescentou.

Michael morreu aos 50 anos. Ele foi levado ao hospital, após sofrer um ataque cardíaco em Los Angeles.

Com informações da EFE

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »