Michael Jackson queria ser enterrado em Neverland, diz jornal inglês

28 de junho de 2009 • 15h09 • atualizado às 15h11
O rancho Neverland: local escolhido por Michael Jackson para seu enterro Foto: AP
O rancho Neverland: local escolhido por Michael Jackson para seu enterro
26 de junho de 2009
Foto: AP

O cantor americano Michael Jackson, morto na última quinta-feira (25) em decorrência de uma parada cardíaca, já tinha planos para seu enterro. Citando como fonte amigos cujos nomes não foram revelados, o jornal inglês Daily Mirror afirma que o astro tinha o sonho de ser enterrado em Neverland (Terra do Nunca, em inglês), o rancho onde morou em Santa Bárbara, nos Estados Unidos.

"O Michael queria ser enterrado em Neverland, mas não tinha certeza se as autoridades americanas dariam autorização para isso", disse ao jornal inglês um amigo do cantor que não quis se identificar. "Seria um local onde seus fãs poderiam visitar, um local de peregrinação", completou. Segundo esse amigo, a escolha daria aos seus herdeiros uma fonte de renda permanente.

Se a sua vontade for respeitada pela família, Jackson vai ganhar um mausoléu tão ou mais famoso do que Graceland, a mansão onde viveu o cantor americano Elvis Presley. A casa, localizada em Memphis, também nos Estados Unidos, é, ao mesmo tempo, um museu e um cemitério da família Presley. Cerca de 600 mil pessoas visitam Graceland todos os anos.

Jackson comprou o rancho que depois ficaria conhecido como Neverland em 1988, logo após o lançamento do álbum Bad. Pagou US$ 18 milhões. Aos poucos, foi reformando o rancho, que tinha como tema o personagem infantil Peter Pan, um dos seus ídolos. Construiu parque de diversões, trilho de trem, cinema e zoológico com girafas e leões. Era lá que vivia Bubbles, um chimpanzé que Jackson tinha como bicho de estimação.

Durante muitos anos, Neverland foi a casa oficial de Jackson. Ele convidava crianças carentes para visitá-lo e se divertir. Algumas chegaram até a dormir em sua casa. Mas essa festa acabou rapidamente, depois que o cantor foi acusado de abusar sexualmente de uma delas. Apesar de fazer um acordo com a família da criança e ser inocentado de todas as acusações, o artista mudou-se de Neverland, deixando o rancho em péssimas condições.

Adeus ao rei do pop
Os rumores sobre a morte de Michael Jackson começaram a aparecer por volta das 13h (horário de Los Angeles), 17h em Brasília, da última quinta, 25 de junho, quando uma ambulância foi chamada para socorrer o cantor em sua casa, no bairro de Bel Air. Momentos depois da chegada de Jackson ao UCLA Medical Center, o site de celebridades TMZ publicou a notícia de que o cantor havia morrido.

Em seguida, o jornal Los Angeles Time confirmou a informação. A morte de Jackson só foi oficialmente divulgada por volta das 15h (19h em Brasília), quando o Instituto Médico Legal da cidade confirmou o falecimento do ídolo pop. O tenente Fred Corral, porta-voz do IML local, disse à rede de televisão CNN que Jackson foi declarado morto às 14h26 (18h26 em Brasília).

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »