Jornal divulga relatório de necropsia de Jackson; site diz que é falso

29 de junho de 2009 • 13h13 • atualizado às 13h13
Michael Jackson durante sua turnê em 1988 Foto: Getty Images
Michael Jackson durante sua turnê em 1988
25 de junho de 2009
Foto: Getty Images

O tablóide inglês The Sun publicou nesta segunda-feira (29) o que seria um relatório da necropsia de Michael Jackson. O TMZ, site especializado em celebridades e o primeiro a dar a notícia sobre a morte do rei do pop, contesta o que foi publicado e chama o relatório de fabricado e falso.

O The Sun afirma que Jackson pesava apenas 51 quilos, estava quase careca, tinha comprimidos parcialmente dissolvidos no estômago, apresentava várias costelas quebradas e não havia comido nada antes de morrer.

Ainda de acordo com o tablóide, os legistas também encontraram hematomas nos joelhos e tíbias do cantor, assim como nas costas, que poderiam ser as sequelas de uma recente queda. O corpo do "rei do pop" também estava cheio de cicatrizes cirúrgicas provocadas por pelo menos 13 operações estéticas.

Adeus ao rei do pop
Os rumores sobre a morte de Michael Jackson começaram a aparecer por volta das 13h (horário de Los Angeles), 17h em Brasília, da última quinta, 25 de junho, quando uma ambulância foi chamada para socorrer o cantor em sua casa, no bairro de Bel Air.

Momentos depois da chegada de Jackson ao UCLA Medical Center, o site de celebridades TMZ publicou a notícia de que o cantor havia morrido. A morte de Jackson só foi oficialmente divulgada por volta das 15h (19h em Brasília).

O tenente Fred Corral, porta-voz do instuto médico legal da cidade, disse à rede de televisão CNN que Jackson foi declarado morto às 14h26 (18h26 em Brasília).

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »