0

Mordomo gato de 'Amor à Vida' mostra as tatuagens

20 ago 2013
10h10
atualizado às 10h23
  • separator
  • comentários

Felipe Titto, o mordomo Wagner de Amor à Vida, que está tendo um caso com Edith, personagem de Bárbara Paz, não é estreante na TV. Entre 2005 e 2007 ele esteve no ar em Malhação, mas com um visual bem diferente. Era magrelo, bem mirrado e com um cabelo bagunçado.

<p>Felipe já não sabe mais quantas tatuagens tem pelo corpo</p>
Felipe já não sabe mais quantas tatuagens tem pelo corpo
Foto: Rede Globo / Divulgação

Agora com 26 anos, e um visual bem diferente, ele enlouquece a mulher de Félix (Mateus Solano) com amassos e beijos quentes. Para o site oficial da novela, Felipe exibiu as várias tatuagens que tem pelo corpo. “Não faço ideia (de quantas tem). Perdi a conta”, diz ele.

Apesar de ter o corpo todo tatuado, um dos desenhos não é verdadeiro. A andorinha do pescoço é trabalho da equipe de caracterização da novela. “Quando fiz Malhação já tinha umas 15 tatuagens, só que elas eram pequenas e ficavam escondidas debaixo da roupa. Eu preenchi os braços quando passei uma temporada em Los Angeles”, conta.

A inspiração para ter tantos desenhos pelo corpo veio do irmão mais velho, Pablo. “Ele era todo tatuado. Eu sempre quis fazer”. Dois anos depois de fazer o primeiro desenho, Felipe foi pai de Théo. Quando o menino completou 4 anos, o ator decidiu marcar o nome da criança. “É a tatuagem mais importante para mim”.

Mas não foi só o filho que ganhou um espaço em seu corpo. Casados há dois anos, ele e a arquiteta Mel Martinez resolveram fazer uma tatuagem juntos cerca de um ano atrás. “Tatuamos uma coruja, que representa a sabedoria. Para ter uma relação a dois é preciso muita sabedoria. A coruja dela tem um laço e a minha, na costela, tem uma coroa”, revela.

<p>'Straight Edge' é a filosofia de vida que Felipe segue</p>
'Straight Edge' é a filosofia de vida que Felipe segue
Foto: Rede Globo / Divulgação

Pelo corpo Felipe traz mais histórias interessantes, como por exemplo uma chama de fogo com as palavras ‘Straight Edge’ no tornozelo direito. “Ela representa um estilo de vida que eu sigo, que é uma vida livre de vícios, tanto de drogas ilícitas quanto álcool, cigarro, cafeína e chocolate, por exemplo”. Vivendo assim Felipe mostra que não existe essa coisa de que todo tatuado é doidão. “Nunca provei álcool, não sei nem o gosto”.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade