0

Morre o comunicador Paulo Machado de Carvalho Filho

14 set 2010
16h07
atualizado às 19h15

Morreu nesta terça-feira (14), aos 86 anos, o comunicador Paulo Machado de Carvalho Filho, de acordo com a assessoria do hospital Sírio-Libanês, onde estava internado desde 31 de agosto.

Paulo morreu em decorrência de uma neoplasia maligna de próstata, às 10h, de acordo com nota oficial da assessoria, com informações dos médicos Profs. Drs. Paulo Hoff e Mario Luiz Barbosa.

Considerado um dos maiores nomes da história da comunicação brasileira, Paulo terá seu corpo velado a partir das 20h desta terça no Cemitério do Morumbi, onde será sepultado nesta quarta-feira (15) às 10h.

Conhecido como Paulinho Machado de Carvalho, ele era filho do fundador da Rádio Record, onde trabalhou por anos na rádio e televisão até que as ações da emissora foram vendidas para o bispo Edir Macedo.

Trabalhando na área desde antes da consagração da televisão, Paulo acompanhou de perto a ascensão do veículo, sendo responsável pela contratação de grandes artistas e ajudando na criação de inúmeros programas, como Família Trapo.

Era também sob o comando de Paulinho que a Rede Record promoveu os famosos festivais de música que fizeram sucesso durante a década de 60 e que revelaram grandes cantores brasileiros.

Ainda na área de empresário cultural, Paulo Machado trouxe ao Brasil grandes nomes da música internacional, como Louis Armstrong, Nat King Cole e Sammy Davis Jr., além de criar a Rádio Panamericana, atual Jovem Pan.

Entusiasta pelo esporte assim como seu pai, ele era um famoso torcedor do São Paulo. O pai de Paulinho, Paulo Machado de Carvalho, também dá nome ao estádio do Pacaembu desde 1961.

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade