inclusão de arquivo javascript

 
 

Elenco de "Floribella" participa do Miss Brasil

11 de abril de 2005 12h15

Roger Gobeth e Juliana Silveira vão se revezar no palco do Miss Brasil 2005. Foto: XPress/Especial para Terra

Roger Gobeth e Juliana Silveira vão se revezar no palco do Miss Brasil 2005
Foto: XPress/Especial para Terra

Marcado para o dia 14, quinta-feira, o Miss Brasil 2005 será transmitido pela Bandeirantes ao vivo, direto do Rio de Janeiro. Tendo como mestre-de-cerimônia a Miss Brasil 97, Nayla Micherif, o concurso terá também três convidados especiais se revezando no palco: Juliana Silveira, Igor Cotrim e Roger Gobeth, todos do elenco de Floribella, novela da emissora.

O programa começa com a exibição de cenas inéditas das candidatas no Rio de Janeiro. Durante duas semanas, as misses acordaram cedo e dormiram tarde, assistindo a palestras e se preparando para o concurso. Esses momentos geraram um vídeo de meia hora, que será mostrado a partir das 22h, dando início à transmissão. Astrid Fontenelle vai apresentar ao vivo esse especial.

Depois do vídeo, as misses fazem a primeira aparição ao vivo no Goldem Room do Copacabana Palace e entram em cena com vestidos criados pelo estilista mineiro Alexandre Dutra. Além dos trajes típicos de cada Estado, o público vai presenciar os tradicionais desfiles com trajes de banho e gala.

A trilha sonora do Miss Brasil 2005 será feita ao vivo pelo Bossacucanova.

A Miss Brasil 2005 será eleita por 19 jurados convidados, mas o público também poderá participar. Como no ano passado, o telespectador vai eleger uma das 10 finalistas. Já é possível votar pelo telefone (11) 3153-1313. O resultado da votação popular será anunciado instantes antes dos jurados. Entre eles, estão confirmados os nomes de Zezé Motta, Vanessa de Oliveira, Luiza Brunet e Martha Rocha.

A vencedora do concurso vai ganhar um carro, além de jóias e roupas. A eleita também vai representar o Brasil no Miss Universo, que acontece no dia 30 de maio, em Bancok, na Tailândia, e também será transmitido pela Bandeirantes. A segunda colocada disputará o Miss Mundo no dia 6 de dezembro, na China. A terceira colocada participará do Miss Beleza Internacional, marcado para outubro, no Japão e na China.

Depois de alguns anos fora do Rio de Janeiro, o Miss Brasil volta à cidade como uma forma de homenagem. "A escolha do Rio para sediar o concurso foi também uma forma de homenagear a cidade, que acolhe brasileiros de todos os Estados", afirma Juca Silveira, diretor artístico da Bandeirantes.

Redação Terra