0

Pai de Amy Winehouse diz que drogas pioraram teimosia da filha

19 jun 2012
15h59
atualizado às 16h13

O pai da falecida cantora Amy Whinehouse, Micth Winehouse, se prepara para o lançamento no Reino Unido no próximo dia 26, do livro intitulado Amy, My Daughter (Amy, Minha Filha) , onde fala a respeito dos problemas que a inglesa tinha com o ex-marido, Blake Fielder-Civil. "Muito antes de Amy ser uma viciada, ninguém podia lhe dizer o que fazer", Mitch escreve no livro. "Uma vez que ela se tornou dependente, sua teimosia piorou. Havia vezes em que ela queria estar limpa, mas ás vezes em que ela não queria foram maiores".

Segundo o site do jornal Huffington Post , Mitch nunca aprovou o relacionamento da filha com Blake, que teve as desmazelas de seu casamento retratadas no álbum Back To Black , ganhador de um Grammy no ano de 2008.

"Não era como se ele trouxesse alguma coisa boa para a sua vida, ou então assim me parecia", comenta Winehouse. Ele também afirma que Amy teve medo do palco durante toda sua carreira, e que o álcool sempre foi um problema, porque "ela podia beber a hora que quisesse, sem represálias do público".

Pai da falecida cantora Amy Winehouse lança no próximo dia 26, livro de memórias sobre a filha
Pai da falecida cantora Amy Winehouse lança no próximo dia 26, livro de memórias sobre a filha
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade