0

Terra pega carona em avião de Tom Cruise para premières

29 mai 2014
14h03
  • separator
  • comentários

Ele é um 'show-man' de carisma incomparável. Tom Cruise embarcou numa missão quase impossível para divulgar o novo filme, No Limite do Amanhã , que estreia nessa quinta-feira (29) nos cinemas brasileiros e o Terra acompanhou essa aventura. Em 24 horas foi a Londres, Paris e Nova York e em todas as cidades arrastou multidões e despertou suspiros. Aos 51 anos ele tem o poder de arrancar gritos de gente de várias faixas etárias. Adolescentes, adultos e pessoas mais velhas acordaram cedo, e enfrentaram o frio londrino e a chuva para ver de perto o ídolo, ator que tanto admiram pela interpretação em dezenas de filmes quanto pela beleza. “Estou aqui desde às sete horas da noite de ontem”, conta uma adolescente inglesa. E agora são sete da manhã, faz 10 graus e chove muito em Londres.

<p>Tom Cruise na première em Nova York</p>
Tom Cruise na première em Nova York
Foto: Getty Images

Mas, Tom Cruise não deixou a desejar nem por um segundo, mesmo diante de uma maratona, que tem relação com o tema do filme – no qual entra num looping de tempo e não consegue sair – ele não economizou nenhum sorriso. É daqueles que com cada um que pára para falar faz questão de olhar nos olhos, muitas vezes segurar a mão ou dar um beijo carinhoso. Para a gente a primeira reação foi: “Brasil, ah, a Copa do Mundo, adoraria ir, era um sonho, amo o Brasil, mas agora estou trabalhando no próximo Missão Impossível ”, o quinto da série, já anunciado para ser lançado em 2015, disse o ator já na primeira parada em Londres.

Sobre o No Limite do Amanhã , o que o atraiu foi justamente esse fato de estar preso no tempo. Ele luta contra alienígenas e em certo momento tudo volta ao princípio e a batalha tem início novamente. Enredo que lembra outros filmes como, por exemplo, O Feitiço do Tempo . Baseado no romance de ficção científica All You Need is Kill , de Hiroshi Sakurazaka, No Limite do Amanhã é, digamos uma versão 'hi-tech' com ritmo de vídeo game e cheio de efeitos especiais. “O que me atraiu foi o conceito do filme de estar preso naquele dia, trabalhei três anos no roteiro para desenvolver o personagem, acho que ele é único, muito especial, um anti-herói e depois temos o personagem de Emily Blunt ( O Diabo Veste Prada ), que é quem realmente sabe o que está acontecendo. Adoro a maneira que eles se relacionam”, conta Cruise.

No avião com Tom
Entre as entrevistas o ator faz questão de falar com fãs, dar autógrafos e distribuir 'selfies' e vai rumo ao próximo tapete vermelho: Paris. Dezesseis jornalistas do mundo inteiro, apenas nós do Brasil, foram convidados para acompanhá-lo, inclusive no avião particular, no trecho Londres-Paris. O ator circulou na aeronave, tirou fotos e descontraidamente conversou com cada um, e se mostrou entusiasmado com esse tipo de desafio, que acredita que acontece uma vez na vida: “É isso que eu gosto, minha maior paixão é estar filmando no set, mas lançar o filme é muito prazeroso, esse contato com as pessoas não tem preço e poder viajar com jornalistas, é super interessante”, diz ele. Como se estivesse numa roda de amigos, na qual pediu para não ser gravado, contou sobre sua infância difícil, começou a trabalhar cedo enchendo máquinas de gelo para ganhar uns trocados e falou, com brilho nos olhos, sobre o amor pelos esportes: “Gosto de tudo, futebol, futebol americano, hockey, de praticá-los e de assistí-los. Fui atleta nos meus anos de colegial”, diz ele mais uma vez se lamentando que não irá para a Copa do Mundo, uma promessa que tinha feito para si mesmo.

Segunda Parada: França
Em Paris, em plena avenida mais famosa da capital francesa, a Champs Elysee, uma multidão o espera, com cartazes que vão do inesquecível Top Gun – Ases Indomáveis (1986) à Missão Impossível . “Gosto de tudo que ele faz”, diz um francês de 18 anos. Aos berros uma senhora de 60 anos, pede um autógrafo. E ele continua sorrindo: “Não tem como não sorrir em uma situação dessas. Só tenho que ficar feliz e agradecer a cada dia”. E pergunto se esse que está no tapete vermelho é o ator ou o Tom Cruise 'real': “Esse sou eu”, garante. Depois de duas horas agradando parisienses, Tom Cruise embarca para uma viagem de oito horas para cruzar o Oceano Atlântico e aterrissar ainda no mesmo dia em Nova York e cumprir essa missão, aliás, para ele nada parece impossível.

Última parada
Tom Cruise chega renovado ao Lincoln Center Theater em Nova York: “Consegui dormir um pouco no avião e agora vamos lá para mais um tapete vermelho”. Aos 51 anos ele mostrar ter o pique que muitos adolescentes não têm, a pré-estreia em Manhattan começa as 23h59min, No Limite do Amanhã . E ele se despede, sempre entre sorrisos: “Boa sorte para o Brasil na Copa”.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade