1 evento ao vivo

Prefeitura pune escolas envolvidas em tumulto no Carnaval de SP

12 abr 2012
13h02
atualizado às 13h09

A prefeitura de São Paulo resolveu punir formalmente as escolas envolvidas em tumulto durante a apuração dos votos do Carnaval de São Paulo, em fevereiro deste ano.

Um comissão foi organizada para avaliar o caso e comunicou nesta quinta-feira (12) que houve descumprimento do contrato de Carnaval por parte de todas as escolas de sambas contratadas, tanto do Grupo Especial quanto do Acesso.

Por conta disso, todas as 22 escolas serão punidas em 0,5% pela falha na segurança, que é de responsabilidade delas. No caso do Grupo Especial, o valor individual da multa é de R$ 3.387,38; no caso das escolas do grupo de acesso o valor individual da multa é de R$ 1.914,60.

As escolas Império de Casa Verde, Vai Vai, Gaviões da Fiel, Camisa Verde e Branco, Pérola Negra, Rosas de Ouro e Unidos de Vila Maria são multadas em mais 0,5% pelo envolvimento no tumulto da apuração. No caso destas, o valor total individual é de R$ 6.774,76.

Além disso, escola Império de Casa Verde não receberá recurso da Prefeitura Municipal para a realização do Carnaval de 2013.

Quanto ao modelo de contrato para o Carnaval Paulistano de 2013, haverá mudanças na estrutura do evento.

Durante apuração das notas do Carnaval de São Paulo deste ano houve confusão e a Polícia precisou intervir
Durante apuração das notas do Carnaval de São Paulo deste ano houve confusão e a Polícia precisou intervir
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press
Fonte: Terra
publicidade