0

Após 'A Fazenda', Léo Áquilla quer "um emprego com dignidade"

30 ago 2012
02h56
atualizado às 05h18
  • separator
Beatriz Carrasco
Direto de Itu

Léo Áquilla pode ter ficado em terceiro lugar na quinta edição de A Fazenda, da TV Record - que acabou nesta quarta-feira (29), com a vitória de Viviane Araújo -, mas pelo menos saiu do programa com a confiança de que terá mais oportunidades profissionais. O performer disse que espera arrumar um "emprego com dignidade".

Infográfico: Nicole, Robertha, Viviane: quem é a fazendeira mais bonita?
Galeria de fotos: Relembre os melhores momentos de Viviane Araújo no reality show

Em entrevista ao Terra, Léo relembrou que passou por várias dificuldades em seus empregos anteriores, tendo inclusive que pagar para trabalhar. Ele, que já assumiu quadros em programas de TV, disse que foi o idealizador de todos os projetos, pois "se ficasse esperando, estaria mofando no apartamento até hoje".

Com simpatia e carisma, o performer falou sem ressentimentos sobre sua história difícil. Ele, que apanhava na escola desde os 7 anos por ser "afeminado", contou que chegou a ser apedrejado no bairro em que cresceu, o Capão Redondo, zona sul da capital paulista. "Minha história sempre foi de humilhação", relatou.

Depois do um mês que resta de contrato com a Record, Léo pretende impulsionar seu novo projeto para a TV, que ele batizou como "shownarlismo", uma mistura de informação e performances. Ele ainda pretende levar ao piloto a personagem Gardênia, que criou durante sua estadia no reality show.

Além da carreira de apresentador, Léo também pretende trabalhar no lançamento de seu disco. Aqui pra Você é um álbum "dance", segundo ele, que cairá no gosto "das bichas", brincou. "Sou a Lady Gaga brasileira. Antes de ela existir, eu já era a Lady Gaga", divertiu-se ao comentar sobre o registro, que traz letras compostas por ele e os arranjos musicais produzidos por Rick Azevedo. A primeira canção de trabalho, It's Over Baby, já está disponível na Internet.

A Fazenda 5
Dezesseis peões começaram o jogo, que trouxe uma surpresa para a quinta edição: os participantes foram separados e alguns foram morar no Celeiro e outros na casa da sede. Para conquistarem o direito de deixar a casa rústica, os confinados disputaram várias provas e, um a um, foram morar na casa central, com exceção de Lui Mendes. O primeiro eliminado do programa até chegou a deixar o Celeiro, mas, após a revisão da prova que venceu, constatou-se que ele levou vantagem na competição e conseguiu enxergar os obstáculos, uma vez que eles estavam vendados para a prova, e voltou para lá.

Brigas e intrigas também marcaram esta edição. Explosiva, Nicole Bahls ganhou destaque e abusou da sinceridade ao protagonizar discussões com quase todos os peões. Desajeitada, a ex-panicat também levou muito marmanjo ao delírio ao exibir suas partes íntimas ao trocar de roupa.Ao longo dos meses, a cada semana um participante foi eliminado. Entretanto, os confinados, que lutavam para levar uma bolada para casa, foram surpreendidos por Gretchen. A rainha do rebolado não suportou a pressão do jogo, tocou o sino e anunciou sua desistência durante uma das festas temáticas.

Os 16 confinados também passaram por momentos de alegria, tristeza e muito sufoco. Desatentos, eles receberam diversas punições e ficaram sem água encanada, sem macarrão, sem pão, sem gás, entre outras coisas, durante um determinado período.

Ângela Bismarchi protagonizou um dos momentos mais emocionantes da quinta edição do programa. Confinada, a empresária estava sem saber o que acontecia do lado de fora da fazenda e nem imaginava que uma tragédia acometia sua família: sua irmã, Angelina Filgueiras, morreu após levar um tiro no peito. Angela recebeu a notícia por meio de seu marido, Wagner de Moraes, e, mesmo abalada, preferiu continuar no reality show.

Léo Aquilla foi o terceiro colocado em 'A Fazenda 5'
Léo Aquilla foi o terceiro colocado em 'A Fazenda 5'
Foto: Amauri Nehn / AgNews

Veja também:

Parque de ferromodelismo é inaugurado sob pista de esqui na Alemanha
Fonte: Terra
publicidade