0

Em clima de despedida, Miro e Dado aparam arestas

5 jul 2009
01h20

Dado e Miro aproveitam a festa para tentar se acertar. Danni, que estava junto, até foi dançar para dar espaço aos dois. "Foi bom, né? Está sendo bom", comentou o modelo. "Se eu tiver de sair, vou sair, véio."

» Em vão, Dado tenta apaziguar situação na casa
» Mirella não se cansa de tirar sarro de Mendigo
» Não deixe para a última hora

"Se eu tiver de sair, eu vou sair felizão", interrompe Dado. "Vou ver minha família, vou trabalhar. Eu não queria sair na primeira ou segunda semana", continua Miro. "Como a Danni falou, o mundo aqui fica pequeno. Eu tô ligado que você não é uma pessoa ruim, eu não sou uma pessoa ruim. É que o mundo fica pequeno e qualquer coisinha vira... Mas foi irado, né?"

"Eu tô bolado amanhã, cara", assume Dado para o modelo. "Você? Você e a Danni têm um monte de fãs. Eu só tenho o pessoal do motoclube que eu participo, umas 150 pessoas", lamenta Miro. Dado conta que um dia foi a uma loja comprar sunga e pediu desconto, dizendo que ia fazer propaganda da marca, e o vendedor perguntou se ele se chamava Miro - é que o modelo realmente fazia a campanha da tal loja.

"Acho que o pessoal tá tentando se acertar aqui. Ainda rola alguma briguinha, discussão, mas não mais como antes", diz o dono da barriga-tanquinho, depois de falar para o ator que, ao entrar na fazenda, se assustou ao reparar que estava ao lado de tanta gente que ele via na TV. "Isso aqui não tem preço! É uma doidera."

Eles desejam boa sorte um ao outro. Miro complementa: "Desculpe alguma coisa, viu?". Ao que Dado responde: "Quando a gente sair daqui, vai estar apenas começando pra gente! Você é uma pessoa que tem luz, tem carisma pra caramba, é aberto a receber coisas boas. O mundo vai ficar pequeno!"

Fonte: TV Record
publicidade