2 eventos ao vivo

Jonathan prega bons modos entre peões

24 jun 2009
04h32

Jonathan está preocupando com os efeitos do confinamento. Para o ator, o tratamento das pessoas deve ser o mais cordial e amoroso possível. Ele acredita que palavras como "idiota", "burro", "estúpido" e outras formas de tratamento adotadas pelos peões poderá corromper a harmonia da casa.

» Troca de farpas antes de dormir em A Fazenda
» Desculpas de Luciele não convencem Danielle
» Peões comentam bagunça em 'Fazendiru'

"Para mim, aqui dentro, é importante chamar as pessoas pelo nome", revelou Jonathan, que está incomodado em não ter atrito com os demais participantes de A Fazenda. "Eu sou sensível a isso", completou ele.

O ator pensa que, com o tempo, o confinamento naturalmente trará algum tipo de problemas de relacionamento. E, para ele, chamar as pessoas pelo nome ou de uma forma carinhosa poderá amenizar a situação.

"Acho uma conquista poder chamá-la de Ciele. Acho que daqui a 30 anos, quando vocês tiverem cabelos brancos, vão lembrar de mim como Jonny Boy, Patolino, Jonny", disse Jonathan a Luciele. "Pra mim é uma célula que estou criando para sempre."

Os demais peões que conversam na sala acabam concordando com o ator.

Fonte: TV Record
publicidade