0

Para Carlinhos, educação que teve não tem preço

5 ago 2009
03h41
atualizado às 04h37

Carlinhos e Pedro desbravaram a madrugada desta quarta-feira, em A Fazenda. As modas sertanejas fazem a trilha sonora de Itu. Os peões construíram uma amizade muito grande. Com a reta final se aproximando, eles não se desgrudam em momento algum. Carlinhos comenta e agradece a vida que teve no Colégio Educandário Dom Duarte.

Carlinhos: 'Eu me acho o cara mais feliz do mundo'
Carlinhos: 'Eu me acho o cara mais feliz do mundo'
Foto: Reprodução / TV Record

» Papo na varanda é sobre clima pesado em A Fazenda
» Dani Souza está na roça
» "Danis" fazem as pazes, mas continuam debatendo

Nas pausas entre as canções, eles têm um dedo de prosa sobre assuntos dos mais variados. O comediante falou da infância e da adolescência vivida na Febem (Fundação Estadual do Bem Estar do Menor, hoje Fundação Casa), em lares e orfanatos.

"Eu apenhei muito, cara, na minha infância. Eu sofri bastante. Mas eu passaria por tudo de novo. Tudo, tudo, tudo. Porque ao mesmo tempo que era doloroso - às vezes era meio carrasco o esquema - também era prazeroso. Porque você passava por isso porque era uma correção. Até o final do programa eu vou agradecer ao Colégio Educandário Dom Duarte, onde eu fui educado e criado", afirmou Mendigo.

E o comediante demonstra ser uma pessoa bem resolvida. "Mas eu sou muito feliz do jeito que eu sou. Eu me acho o cara mais feliz do mundo, cara. Eu vivo muito bem pra caramba. Eu tenho que agradecer sempre", acrescentou Carlinhos.

" Tudo o que sei e sou eu devo a eles. Um obrigado seria pouco", disse um saudoso Mendigo, que conta ter aprendido a "enganar no violão" no lar onde foi criado. "Tinha curso de violão. No final só tinha eu, a molecada não levava a sério. Eu devo tudo que aprendi e que sou a eles", afirmou o comediante.

Mas a história de vida triste do caipira mais engraçado da fazenda deu apenas mais força para poder vencer na vida: "Eu passei por muita coisa na vida e eu só tenho a agradecer. Sei que muitas pessoas não gostam de mim, mas eu já me sinto um vencedor."

TV Record

compartilhe

publicidade
publicidade