0
TV

Com cenário clean, 'CQC' volta para uma "temporada perigosa"

9 mar 2010
08h36
atualizado às 12h09
Juliana Ranciaro
Direto de São Paulo

A nova temporada do CQC, que estreia no dia 15 de março, vem recheada de mudanças tanto na produção quanto nas reportagens. A começar pelo cenário totalmente reformulado. No lugar do habitual preto, o fundo agora é branco e dá um ar muito mais "clean", nas palavras do próprio apresentador Marcelo Tas. O nome CQC que vem pendurado acima da bancada é também originalmente branco, mas recebe iluminação colorida, o que o faz mudar de rosa para amarelo e daí para verde, vermelho e roxo em poucos segundos.

A tendência 3D está ainda na gravação e recepção das imagens, já que tecnologia usada será toda em HD. Além disso, os apresentadores e repórteres vestidos com ternos pretos ganham mais destaque diante do fundo neutro.

Em uma prévia do que será a terceira temporada do programa, Marcelo Tas, Rafinha Bastos e Marco Luque entraram nos estúdios de gravação da Band na noite da última segunda-feira (8) pedindo aplausos e mostrando empolgação com a nova cara do CQC. Seguidos por eles, também se apresentaram Rafel Cortez, Danilo Gentili, Felipe Andreoli, Oscar Filho e Mônica Iozzi.

A primeira surpresa da temporada 2010 é a substituição de Rafinha no comando do quadro Proteste Já. Quem assume o posto é Danilo Gentili e a mudança se dá porque Rafinha estreará um novo programa em maio, conhecido como A Liga, com muitas reportagens na rua, o que consumirá um pedaço de seu tempo disponível para as gravações.

A segunda novidade é o quadro Trabalho Forçado que terá a direção tripla de Rafel Cortez, Felipe Andreoli e Oscar Filho. Os três vão se revezar e propor a pessoas famosas que ocupem por um dia um cargo não exercido por elas. Este é mais um quadro clonado da versão argentina do CQC e a primeira a topar o desafio foi Soninha, a subprefeita da Lapa em São Paulo, que viveu um dia de depiladora no salão Atena, situado na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, próximo à residência dela. Segundo Tas, além de engraçada, essa proposta também foi inovadora, uma vez que Soninha nunca havia se depilado e não sabia ao certo como agir. Quem também topou entrou na brincadeira foi o senador Eduardo Suplicy que assumiu os trabalhos de garçom em um restaurante.

A segunda atração recebeu o nome de Cidadão em Ação e pretende denunciar abusos e desvios que acontecem na sociedade. A ideia original partiu do próprio Danilo Gentili em outubro do ano passado, que foi atrás dos produtores e colocou o projeto na prática: "Já estava pronto desde novembro de 2009, mas como já estávamos no final da temporada, resolvemos deixar para abrir em 2010 com essa novidade". Em um trecho do quadro piloto, Danilo Gentili está em um bar observando que um motorista de condução escolar bebe cachaça minutos antes de pegar as crianças na escola e levá-las para suas casas. É então que Danilo Gentili coloca as asinhas de fora e trata de denunciar o problema.

O terceiro quadro novo ficará por conta de Marco Luque e se chamará Marco Luque Responde. "É totalmente de zoeira, não tem nada sério nisso", disse Luque. Ele responderá perguntas de conhecimentos gerais de forma a fazer piada com conteúdos sérios. "Vou tirar dúvidas no geral. Tirar dúvidas do meu jeito, não tenho a pretensão de ensinar ninguém a nada", completou.

Em 2010, eventos como a Copa do Mundo e as eleições presidenciais merecem destaque. Para tanto, Andreoli foi o escalado oficial para viajar até a África do Sul e acompanhar o desempenho da seleção brasileira de futebol. "Sempre fiz mais pautas de esporte e por isso estou indo pra lá. O bom dessas coberturas é que a gente nunca sabe como vai ser o final da matéria. Não sabemos se o Brasil vai ganhar ou não, então é uma surpresa que deixa o trabalho ainda mais gostoso", disse. Junto com ele, Rafinha Bastos e Rafael Cortez também estão no time da Copa, mas ainda não se sabe como será a divisão de trabalho por lá e quem cobrirá que parte do evento. Contudo, Cortez afirmou que está se preparando e buscando entender mais sobre o esporte: "O pessoal tá me dando uma força aí e até lá espero estar treinado e manjando de tudo", ironizou depois de se confundir sobre quem ocupa a posição de goleiro no time do Brasil.

Do lado político, quem assume é Mônica Iozzi, a integrante selecionada através do concurso de oitavo elemento do CQC. Mônica acompanhará de perto o que rola em Brasília durante o período eleitoral e prometeu não descuidar de perguntas bem sacadas para os políticos de plantão. "Estou lendo bastante sobre política e agora não só de fim de semana, leio as notícias durante a semana também. Tenho me inteirado do assunto pra poder chegar lá e saber o que perguntar para eles", falou. Em Brasília, Mônica deverá contar também com a ajuda de Danilo Gentili, principal atuante no cenário político do programa em 2009.

Ainda sobre a forma de humor inteligente, Tas comentou que a pressão dentro e fora da equipe é muito grande para manter o nível de informação: "O terceiro ano é uma coisa perigosa porque já tivemos a primeira temporada que foi sucesso muito porque era novidade, depois o segundo ano em que o trabalho era manter aquele público que já tínhamos cativado e conseguir manter nosso posto. Agora, temos que continuar surpreendendo e para isso é muito importante que a gente tenha tesão em fazer o CQC".

E as novidades não param por aí. Em meio às perguntas, Tas acabou divulgando mais uma novidade para 2010. É o quadro As piores notícias da semana, feito na bancada e apresentado por ele mesmo. "São notícias quentes que podem até mesmo ter rolado instantes antes do fechamento do programa e que nós vamos comentar ali", falou. Depois disso, Oscar Filho comentou que as novidades vêm acrescentar em qualidade justamente para que o CQC não caia na rotina. "A gente se renova porque a gente se vê como um jornal", finalizou Andreoli.

Em um ano com tantas inovações, o CQC poderá ainda contar com a participação de finalistas do concurso para o oitavo repórter, mas nada foi confirmado e nem acertado com nenhum deles. O que se sabe é que o programa volta ao ar a partir do dia 15 de março, na Band, sempre às segundas-feiras às 22h15 e com reprise aos sábados à meia-noite.

Elenco de 'CQC' apresenta mudanças da nova temporada
Elenco de 'CQC' apresenta mudanças da nova temporada
Foto: Celso Akin / AgNews
Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade