0
TV

Depois de 'Páginas da Vida', atriz fará vilã em 'Rebelde'

21 jan 2011
09h30
Mariana Trigo

A fala baixa e o jeito tímido de Pérola Faria levaram esta carioca de 19 anos a fazer teatro ainda na infância. De lá para cá, o comportamento continua o mesmo, mas com a bagagem de 10 anos de aulas de teatro e três novelas no currículo. Sempre na pele de mocinhas dóceis ou com aparência frágil, como a bailarina Gisele de Páginas da Vida, estreia da atriz na TV na trama de Manoel Carlos, há quatro anos. No entanto, sua ida para a Record, há dois anos, começou a abrir novas possibilidades para a atriz. Depois de viver a patricinha Juliana em Bela, A Feia, Pérola volta ao ar em março como a vilãzinha Vitória em Rebelde, segunda parceria da Record com a Televisa. "O bom mesmo é fazer vilã com essa minha cara de boazinha. As pessoas não me imaginam fazendo maldades", divertiu-se, com um esboço de sorriso.

Na adaptação do folhetim mexicano voltado para o público jovem, Pérola vai ser uma menina de classe média baixa que consegue bolsa na escola com o objetivo de arrumar um namorado rico e se dar bem na vida. "Ela gosta de luxo e é invejosa", avisou. Nesse cenário estudantil, todas as meninas usam como uniforme meiões e saias curtíssimas, como nas outras versões da história nos 40 países onde a trama foi exibida.

Para destacar ainda mais esse figurino, a personagem investe num visual de perua teen, com laçarotes no cabelo e acessórios extravagantes. Tudo para imitar Alice, a protagonista da trama, de Sophia Abraão. Na história, Vitória e Alice são muito amigas, mesmo com a visível inveja que Vitória tem da riquinha Alice. Mas as duas começam a bater de frente quando o alvo da cobiça de Vitória deixa de ser os batons e roupas da amiga para querer fisgar Pedro, de Micael Borges. Ele se interessa pela personagem Alice, mas Vitória acaba se apaixonando por ele. "Nesse triângulo, as duas brigam feio e a Vitória passa a andar com a pior menina do colégio. E se torna uma malvada", adiantou Pérola.

Para compor e se familiarizar com as estripulias de sua estudante ambiciosa, Pérola assistiu a diversos capítulos da versão original. "Mas, na história mexicana, a Vitória é uma menina fácil. Dá bola para todos os garotos. Não sei se a minha Vitória também vai ser assim", observou Pérola, que se entusiasma por finalmente fazer parte de uma história voltada para o público jovem. A atriz, que estreou na TV em Páginas da Vida, logo fez uma participação no Por Toda Minha Vida como a cantora Nara Leão. Ou seja, mesmo com sua ida para a Record, nunca atuou em uma produção teen. "O mais legal é que agora vou realmente interpretar para o público que me para nas ruas, que gosta do meu trabalho, que são os adolescentes, as meninas muito mais novas que eu", animou-se.

Mesmo em uma trama musical, Pérola não canta e nem dança no folhetim, a despeito de seus cinco anos de balé clássico e inúmeras aulas de canto. "Estou me preparando para fazer musicais no teatro. Acho que sou afinada, mas fiz um teste para A Noviça Rebelde para ver como era e foi horrível", lembrou, ainda constrangida. Por enquanto, até o início da trama da Record, Pérola prefere se concentrar em seu cotidiano de cuidados com o corpo frequentando a academia cinco vezes por semana e decidindo que curso fará na faculdade após o término de Rebelde. Afinal, a atriz cursou faculdade de Moda por um período, mas já abandonou a ideia. "Gosto de gastronomia, mas ainda não escolhi. Quero também fazer um intercâmbio de seis meses. Quero saber falar espanhol quando a Televisa me entrevistar de novo", avisou, aos risos.

Pérola Faria vai ser uma menina de classe média baixa que consegue bolsa na escola com o objetivo de arrumar um namorado rico
Pérola Faria vai ser uma menina de classe média baixa que consegue bolsa na escola com o objetivo de arrumar um namorado rico
Foto: TV Press
Fonte: TV Press

compartilhe

publicidade
publicidade