1 evento ao vivo
TV

Guilherme Trajano se anima com caráter duvidoso em 'A Vida Alheia'

6 mai 2010
13h59
Mariana Trigo
Direto do Rio

A vaidade de Guilherme Trajano pode ser percebida nos mínimos detalhes. Com pinta de galã, roupas descoladas e um visual despojado, o ator de 1,80 m de altura tem consciência de que sua aparência é um chamariz para seus personagens. Foi assim desde sua estreia na TV, como um dos Papaquitos da Xuxa. Ou mesmo na pele de Lancelot no infantil Sítio do Picapau Amarelo, dois anos depois. Mas tem sido como o estudante de ator Tom, no seriado A Vida Alheia, que este carioca de 29 anos pretende mostrar sua faceta mais audaciosa como ator. Na produção, Guilherme vai se envolver num interesseiro triângulo amoroso com Paula e Alberta, mãe e filha interpretadas, respectivamente, por Kim Kamberlly e Cláudia Jimenez. "Adorei fazer um vilão em Os Mutantes - Caminhos do Coração e adoraria que o Tom fosse para esse caminho do mal", torceu o ator, se referindo à Dino, seu último trabalho na Record.

Nome: Guilherme Trajano dos Santos.
Nascimento: Em 9 de outubro de 1980, no Rio.
Primeiro trabalho na TV: Como Papaquito no Planeta Xuxa, na Globo, em 2001.
Atuação inesquecível: O Tom de A Vida Alheia. Esse papel marca meu retorno para a Globo com mais experiência como ator para curtir.
Interpretação memorável: Camila Pitanga e Wagner Moura como Bebel e Olavo em Paraíso Tropical. Curti muito.
Ao que gosta de assistir: Filmes, seriados, telejornais e documentários.
Ao que nunca assistiria: Programas que apelam para ganhar audiência.
O que falta na televisão: Seriados e documentários na TV aberta.
O que sobra na televisão: Programas que não educam e não fazem o telespectador pensar e refletir.
Ator: Tony Ramos.
Atriz: Marília Pêra.
Com quem gostaria de contracenar: Fernanda Montenegro.
Se não fosse ator, seria: Médico.
Novela preferida: Caminho das Índias, de Glória Perez.
Cena inesquecível na TV: Quando a Carolina Dieckmann raspou os cabelos como Camila, em

Guilherme Trajano interpreta Tom, que tem caráter duvidoso, em 'A Vida Alheia'
Guilherme Trajano interpreta Tom, que tem caráter duvidoso, em 'A Vida Alheia'
Foto: Luiza Dantas/Carta Z Notícias / TV Press

Laços de Família

.


Melhor abertura:

O Clone

, de Glória Perez.


Canção inesquecível de trilha sonora:

Love by Grace

, de Lara Fabian, da personagem Camila em

Laços de Família

.


Vilão:

Nazaré, de Renata Sorrah, em

Senhora do Destino

.


Personagem mais difícil de compor:

Dino, de

Caminhos do Coração

.


Papel que mais teve retorno do público:

Dino, de

Caminhos do Coração

.


Melhor seriado: A Vida Alheia

, de Miguel Falabella.


Seriado inesquecível:

A Grande Família

.


Que novela gostaria que fosse reprisada:

Ti Ti Ti

, de Cassiano Gabus Mendes.


Que papel gostaria de representar:

Um vilão numa novela.


Par romântico inesquecível:

Thiago Lacerda e Ana Paula Arósio como Giuliana e Mateo em

Terra Nostra

.


Com quem gostaria de fazer par romântico:

Alinne Moraes.


Filme:

Todos do Woody Allen.


Livro de cabeceira:

Sempre releio os meus livros de teatro, de quando fazia faculdade de Artes Cênicas.


Autor:

Walcyr Carrasco e Glória Perez.


Diretor:

Marcos Schechtman.


Vexame:

Costumo trocar o nome das pessoas.


Mania:

Arrumar coisas que já estão arrumadas.


Medo:

Da morte.


Projeto:

Sempre levar cultura para as crianças carentes.

Fonte: TV Press

compartilhe

publicidade
publicidade