publicidade
29 de setembro de 2013 • 00h02 • atualizado às 00h20

Jakelyne Oliveira, a Miss Mato Grosso, vence Miss Brasil 2013

O segundo lugar ficou para Janaína Barcellos, do Minas Gerais, e o terceiro, para Priscila Santiago, a Miss Bahia

Gabriela Markus, a Miss Brasil 2012, passou a coroa para sua sucessora, Jakelyne Oliveira, representante do Mato Grosso Foto: Bruno Santos / Terra
Gabriela Markus, a Miss Brasil 2012, passou a coroa para sua sucessora, Jakelyne Oliveira, representante do Mato Grosso
Foto: Bruno Santos / Terra
  • Nathália Salvado
    Direto de Belo Horizonte
 

Jakelyne Oliveira, representante de Mato Grosso, foi eleita na noite deste sábado (28), a Miss Brasil 2013, no Minas Centro, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Muito emocionada, a nova mulher mais bonita do Brasil foi coroada por Gabriela Markus, a Miss Brasil 2012. O segundo lugar ficou para Janaína Barcellos, do Minas Gerais, e o terceiro, para Priscila Santiago, a Miss Bahia.

A vencedora irá representar o Brasil no Miss Universo 2013 em Moscou, ganhou um vestido de gala e um carro zero quilômetro. A segunda e a terceira colocadas embarcam, com tudo pago, rumo a um dos destinos mais badalados do México, a Riviera Nayarit.

O concurso
A cerimônia começou pontualmente às 22h15. Assim que as candidatas se posicionaram no palco, a gritaria era geral. A torcida de São Paulo era uma das mais animadas, puxando o coro de "já ganhou". As misses abriram o concurso ao som de I Love It, de Icona Pop feat Charli XCX, transformando o palco em uma balada.

Sérgio Marone e Renata Fan foram os responsáveis por comandar a noite e apresentar os jurados Sabrina Sato, Fernando Torquatto, Thalita Pugliese, Victor Dzenk, Marta Vasconcellos, Tancredo Tolentino Neves, Paulo Borges, Agostinho Filho, Jaqueline Meirelles, Matheus Mazzafera, Humberto Alves Pereira, Rita Batista e Caio Carvalho, presidente do júri.

O primeiro prêmio da noite veio para a Miss Goiás, Sileimã Pinheiro, que levou na categoria Melhor Traje Típico, com uma roupa que representava a riqueza dos Carajás. Ela ganhou uma viagem para Riviera Nayarit, no México. Depois de entrar flores para a vencedora, Sérgio Marone se atrapalhou um pouco com o TP e foi salvo por Renata Fan, que demonstrou mais habilidade na apresentação do concurso.

Depois de um vídeo que mostrou o dia a dia das candidatas em Minas Gerais, foram anunciadas as 15 finalistas da noite. Foram elas: Sergipe, Rio Grande do Sul, Bahia, Espírito Santo, Santa Catarina, Pará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, São Paulo, Paraná, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Ceará, Minas Gerais, bastante ovacionada pelo público mineiro, e Mato Grosso do Sul, que foi eleita por voto popular e ficou muito emocionada.

A segunda parte do concurso começou com o desfile de gala, que teve como inspiração as tradições e histórias de Minas Gerais. As misses desfilaram ao som de Garota de Ipanema, clássico de Tom Jobim e Vinícius de Morais. As misses Ceará, Pará, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Bahia chamara a atenção do público.

Após o desfile de gala, o palco foi tomado pelo samba da Aline Calixto, que entoou Flor Morena. Apesar da presença das misses no palco, que arriscaram timidamente passado de samba, foi a cantora que roubou a cena. Com saia longa e blusa cropped, deixando parte de sua barria de fora, Aline esbanjou sensualidade. As torcida da Miss Paraná não se conteve e gritava a todo momento o nome de Isis Stocco.

Nos bastidores, um humorista entretia a plateia. Em uma das ocasiões, enquanto Sério Marone e Renata Fan eram maquiados, o rapaz resolveu comparar Marone a Clark Kent, o Super-Homem. Além disso, perguntou se Renata Fan já sofreu preconceito por ser tão bonita. Um pouco séria, ela respondeu: "beleza é uma coisa subjetivo. Quem tem que me achar bonita são os outros, né?".

No terceiro bloco, um vídeo mostrou como foi a eleição da Miss Simpatia. As candidatas fizeram teatros, satirizando a realidade do dia a dia das misses. A eleita foi Anne Volponi, a Miss Espírito Santo, que além da faixa, ganhou uma cesta de produtos Cacau Show.

A segunda classificação, o Top 10, veio a seguir. Foram classificadas: Bahia, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo, Sergipe.

Renata Fan aproveitou um intervalo para questionar Sabrina Sato, jurada, o que uma candidata precisa ter para ser Miss Brasil: "tem que ter um gingado, a pimenta brasileira. Estou levando isso em conta, um brilho a mais".

O desfile mais aguardado da noite chegou ao som de Crazy in Love, de Beyoncé. A Miss Bahia foi bastante aplaudida, assim como as candidatas do Mato Grosso, Minas Gerais e Rio Grande do Norte. Continuando no clima moda praia, com coroas de flores na cabeça, as misses surgiram de maiô.

Nessa hora, a torcida da Miss Paraná hostilizou Janaína Barcelos, de Minas Gerais, que foi chamada de "gorda" e "baleia". O quadril da candidata também foi alvo de comentários, por ser mais largo do que as outras candidatas.

No top 5 do concurso, ficaram Paraná, Mato Grosso, Bahia, bastante aplaudida, São Paulo e Minas Gerais. O momento seguinte foi das temidas perguntas dos jurados. No desfile final, Janaína  Barcellos foi ovacionada pelo público mais uma vez na noite. Para o top 3, os jurados optaram por Bahia, Priscila Santiago, Mato Grosso, Jakelyne Oliveira, e Minas Gerais, Janaína Barcellos.

<a data-cke-saved-href="http://diversao.terra.com.br/infograficos/candidatas-miss-brasil/" href="http://diversao.terra.com.br/infograficos/candidatas-miss-brasil/">Candidatas a Miss Brasil 2013: as mais lindas Brasileiras</a>
Terra