PUBLICIDADE

Miss Acre diz não ligar para piadas sobre inexistência do Estado

27 set 2012 11h49
| atualizado em 28/9/2012 às 17h20
Publicidade
Nathália Salvado
Direto de Fortaleza

"O Acre pode não ser considerado tradicional em Miss Brasil, mas sempre consegue boas colocações, já ficamos em terceiro lugar, como em 2009, e uma vez em segundo, em 2006. Já é um grande passo, apesar de não estarmos entre os veteranos. Temos mulheres belíssimas", disse Jéssica Maia, de 19 anos, representante do estado da região Norte, em entrevista ao Terra.

Infográfico: Conheça as candidatas ao Miss Brasil 2012
Infográfico: Descubra para qual time as misses torcem
Infográfico: Você sabe de qual estado é a miss? Faça o quiz e descubra
Infográfico: Quais as misses mais bonitas, as de 2011 ou as de 2012?

Sobre as piadas constantes de que o "Acre não existe", Jéssica diz não se importar. "Acontece, às vezes, mas eu sou tranquila, levo na brincadeira. Mas se percebo que a pessoa faz de maldade mesmo, aí a história é outra. As vezes as pessoas dizem isso por falta de oportunidade, instrução mesmo, mas acontece, principalmente quando vou para São Paulo, por exemplo, fazer um desfile, algo assim", afirmou.

Ex-jogadora de vôlei, a acreana, que está solteira, disse que os homens ficam receosos de chegar perto, mas não pelo fato de ser miss. Segundo ela, sua altura e seu jeito de ser, as vezes assustam um pouco. "Acho que às vezes eles ficam receosos por verem que eu falo o que penso, por ser forte e determinada. Acho que é mais por isso", concluiu.

Candidata do Acre não liga para brincadeiras sobre Estado
Candidata do Acre não liga para brincadeiras sobre Estado
Foto: Divulgação
Fonte: Terra
Publicidade