0

Ninguém quer ver playback, diz Paul McCartney no 'Fantástico'

29 jan 2012
23h23
atualizado às 23h27

Em entrevista exibida neste domingo no Fantástico, Paul McCartney voltou a criticar as práticas de playback, cada vez mais comuns em shows de artistas pop, que justificam seu uso como necessário para poderem fazer suas danças nos palcos.

"As pessoas pagam para ver o show e não uma gravação", alfinetou o eterno Beatle, que conversou com o programa da TV Globo para divulgar seu próximo álbum, Kisses On The Bottom. O trabalho é composto majoritariamente por releituras de sucessos norte-americanos das décadas de 1930 e 1940 - além de conter duas faixas inéditas: My Valentine, com participação de Eric Clapton, e Only Our Hearts, com Stevie Wonder.

"Quando eu era um garotinho em Liverpool, o maior evento da cidade era o Réveillon. Meu pai era pianista e eu cantava junto", contou. "As músicas dos Beatles são baseadas nessas canções, afinal John (Lennon) e eu crescemos ouvindo elas".

Paul ainda deu a receita para seus fãs apreciarem da melhor forma possível Kisses On The Bottom: "esse tipo de música é daquele que você coloca quando chega em casa, senta, pega uma taça de vinho e relaxa".

Músico britânico lança novo disco, 'Kisses On The Bottom', no mês de fevereiro
Músico britânico lança novo disco, 'Kisses On The Bottom', no mês de fevereiro
Foto: AP
Fonte: Terra
publicidade