Amor à vida

publicidade
02 de fevereiro de 2014 • 22h05 • atualizado às 22h16

Mateus Solano apelida beijo gay na TV e brinca: "barba é um incômodo"

Solano e Fragoso na pele de Félix e Niko
Foto: TV Globo / Divulgação
 

Mateus Solano comentou a cena do primeiro beijo gay em novela da Globo durante entrevista ao Fantástico deste domingo (2). "Não tem muito espaço para 'é estranho' ou 'não é', mas a barba é um incômodo", disse, caindo no riso. Ele e Thiago Fragoso interpretaram o casal Félix e Niko em Amor à Vida, de Walcyr Carrasco, que teve o último capítulo exibido na sexta-feira (31).

"Nós recebemos o capítulo e a cena não tinha indicação do beijo. Eram só asteriscos. Na hora me deu nervoso: 'realmente estou fazendo isso? Que legal'", afirmou Fragoso. "Foi muito pensado para que a gente pudesse fazer isso de forma afetuosa. Eu e o Mateus somos muito entregues, não temos pudor", acrescentou. 

O intérprete de Félix disse que apelidaram a quebra de tabu de "beijo Tarcísio Meira". "De boca fechada, mas longo", explicou o ator, que acredita ter sido na medida que os telespectadores queriam ver. "Puxou o tapete de muita gente preconceituosa que acabou gostando do casal e até torcendo pelo tal do beijo, né?".

O ex-vilão de Amor à Vida também falou sobre a cena final, em que ele e César (Antonio Fagundes) olham para o mar de mãos dadas e o médico finalmente diz que ama o filho: "ali eu me emocionei. Aquela emoção é muito de verdade. No primeiro take eu soluçava e o Maurinho (Mauro Mendonça Filho) dizia: 'Mateus, um pouquinho mais de silêncio".

Terra Terra