0

'Aquele Beijo' estreia hoje na Globo; saiba quem é quem

17 out 2011
13h26
atualizado às 13h48

Geraldo Bessa

O humor é o ponto de partida de qualquer obra assinada por Miguel Falabella. Seja no teatro, no cinema ou na televisão, o autor sempre se vale da comédia para mostrar os contrastes e tristezas de seus personagens. "Estou sempre atento aos detalhes que são risíveis", destaca Miguel. Esses "detalhes" voltam à TV a partir de hoje, com a estreia de Aquele Beijo, quarta novela de Falabella. O que mais instigou o autor a voltar a escrever novelas foi a certeza de que sua trama seria exibida no horário das sete. Já que na mal-sucedida Negócio da China, em 2008, ele sofreu com a censura e a incompatibilidade de seu humor irônico com a faixa das seis. "O horário das sete é a minha cara. Me permite dizer coisas de um jeito mais ousado. Alfinetar sem ter a classificação indicativa em cima de mim", ressalta o autor, aos risos.

Em Aquele Beijo, situações criadas pelo "acaso" têm função fundamental na trama. Inclusive, toda a sinopse original foi criada pelo autor a partir da frase: "quantas vezes você já teria cruzado com alguém sem se dar conta de que poderia ser o grande amor de sua vida?". Para responder a questão, Miguel vai além da função de autor e também narra a história. "Como autor, você manipula as personagens. Então, por que não explicitar isso para o público? Mexo com as personagens como se elas fossem peças de um jogo para montar o painel da novela. Eu não conto a história, eu digo coisas", analisa Miguel, que no novo folhetim volta a trabalhar com uma equipe bem semelhante às de outras produções que levaram sua assinatura.

A direção de núcleo fica por conta de Roberto Talma, com quem o autor já trabalhou em A Lua Me Disse, de 2005, Negócio da China e no humorístico Toma Lá, Dá Cá. "Aquele Beijo tem tudo o que uma boa novela precisa ter. Estamos com uma frente confortável de capítulos, gravamos externas em lugares distintos, como a Paraíba, Paris e Colômbia, e contamos com um elenco primoroso. Está tudo certo", empolga-se Talma.

A nova trama é guiada por um triângulo amoroso protagonizado por Cláudia, de Giovanna Antonelli. Ela namora com Rubinho, de Victor Pecoraro, desde a adolescência e sonha em se casar com ele. No entanto, o matrimônio nem passa pela cabeça de seu namorado. Além disso, a relação entre eles não tem a aprovação da mãe do rapaz, a dondoca Maruschka, de Marília Pêra. "No fundo, toda mulher sonha com casamento. Umas pensam muito, fazem disso uma missão. Outras são mais tranquilas. Minha personagem quer tanto casar que já tem toda a festa do casamento na cabeça", diverte-se Giovanna. A vida de Cláudia se transforma ao cruzar no aeroporto com o advogado Vicente, de Ricardo Pereira. Os dois estão com passagens marcadas para Cartagena, na Colômbia. Na fila de embarque, Cláudia acaba pedindo emprestado o telefone de Vicente. É daí que surge uma forte amizade e um interesse mútuo. "O Vicente está na Colômbia para ir ao casamento da Lucena, sua ex-namorada. Ele se dedicou demais aos estudos e acabou perdendo um grande amor. Por força do acaso, acaba encontrando a Cláudia", explica Ricardo, referindo-se à personagem de Grazi Massafera.

A escalação para a novela - feita por Miguel, Talma e a diretora geral Cininha de Paula - privilegiou nomes que já trabalharam com o autor e que têm o "timing" de comédia que o texto exige. Como Cláudia Jimenez - que interpreta Mãe Iara, uma falsa médium - e Diogo Vilela, que já trabalhou ao lado do Miguel em musicais e no seriado Toma Lá, Dá Cá. Diogo dá vida a Felizardo, um paraibano machista, dono da Shunel, empresa que confecciona cópias de roupas de grandes estilistas. As peças são vendidas na Comprare, loja de alto luxo comandada por Maruschka e Alberto, de Herson Capri, onde é ambientada boa parte das cenas de Aquele Beijo. "Vamos falar de amor, lutas sociais e coincidências da vida. Tudo sob um viés cômico e com um ar meio teatral, visto que a novela tem até um narrador. É bom brincar e sair um pouco da zona de conforto", acredita a diretora Cininha de Paula.

Quem é Quem
Cláudia (Giovanna Antonelli) - Jovem e bem-sucedida designer. Mulher batalhadora e romântica, que sonha em se casar na igreja com tudo o que tem direito. Namorada de Rubinho (Victor Pecoraro). Em uma viagem à Colômbia, conhece Vicente (Ricardo Pereira) e vê seu futuro mudar. Filha de Regina (Nívea Maria) e irmã de Camila (Fernanda Souza).
Vicente (Ricardo Pereira) - Advogado, Procurador do Estado, filho de Amália (Marina Motta), dona do restaurante Sonho D´Aveiro. Luta ao lado dos moradores do Covil do Bagre para que a comunidade não seja expulsa para a construção de uma megaloja. É apaixonado pela ex-namorada, Lucena (Grazi Massafera), mas a paixão fica abalada quando conhece Cláudia.
Rubinho (Victor Pecoraro) - Namorado de Cláudia, a contragosto de sua mãe Maruschka (Marília Pêra). Trabalha na loja da família. É um rapaz mimado que não decide o que quer da vida. Mantém uma relação com Cláudia há anos e será pressionado por ela a tomar uma atitude.
Lucena (Grazi Massafera) - Modelo, ex-namorada de Vicente. Sentindo-se deixada de lado pelo namorado - que só pensava em estudar - ela termina o relacionamento e vai para Colômbia, onde se casa. Mas sua nova relação não será bem sucedida e ela voltará para o Brasil.

Família de Cláudia
Regina (Nívea Maria) - Mãe de Cláudia e Camila, trabalha como governanta na casa dos Lemos de Sá, onde criou as duas filhas. Amiga de longa data de Maruschka, de quem guarda um segredo do passado.
Camila (Fernanda Souza) - Casada com Ricardo (Frederico Reuter), com quem tem um filho pequeno, vive infeliz e reclamando da vida. Ela sonha em ter uma vida com mais conforto e não se conforma com a pouca ambição de Ricardo.
Ricardo (Frederico Reuter) - Um médico humanista, muito envolvido com seu trabalho e casado com Camila. Ajuda muito as crianças do Lar da Mão Aberta e não reconhece mais em Camila a mulher por quem se apaixonou.

Família Lemos de Sá
Maruschka (Marília Pêra) - Casada com Alberto (Herson Capri), mãe de Rubinho, comanda a poderosa loja de artigos de luxo Comprare. É uma mulher amarga e que carrega um grande segredo de seu passado. Não aceita o namoro de seu filho com Cláudia, por causa da origem humilde da jovem.
Alberto (Herson Capri) - Marido de Maruschka e pai de Rubinho, sonha em abrir uma expansão da Comprare no terreno onde está instalada a comunidade do Covil do Bagre e o Lar da Mão Aberta. Ele acabará se envolvendo com Sarita (Sheron Menezzes), a líder da comunidade.
Mirta (Jaqueline Laurence) - Mãe de Maruschka, com quem mantém uma complicada relação. Está sempre envolvida com jogos e acaba pedindo socorro à filha. Mas é a ela que Maruschka pede conselhos em seus momentos mais delicados.
Brigitte (Juliana Didone) - É a segunda assistente de Maruschka. Apaixonada por moda, está sempre disposta a ajudar sua chefe. Não medirá esforços para conseguir seduzir Rubinho.

Família de Sarita
Sarita (Sheron Menezzes) - Uma jovem batalhadora, estudante de Direito, que trabalha no salão de Ana Girafa (Luis Salém). É a líder comunitária da comunidade do Covil do Bagre e luta para que os moradores não sejam expulsos de lá. Junto com a irmã Marisol (Mary Sheyla), foi deixada pela mãe no Lar da Mão Aberta ainda criança.
Grace Kelly (Leilah Moreno) - Prima de Sarita e Marisol, também foi abandonada ainda criança no Lar da Mão Aberta. Mora no Covil do Bagre com Eveva (Maria Gladys), uma grande amiga de sua mãe. Trabalha na Comprare e é muito ambiciosa. Não poupará esforços para vencer na vida.
Marisol (Mary Sheyla) - Irmã de Sarita. Trabalha como costureira na Shunel e se revelará uma grande estilista. É funcionária de Locanda (Stella Miranda) e Felizardo (Diogo Vilela).
Deusa (Zezeh Barbosa) - Mãe de Grace Kelly. Abandonou a filha ainda criança e foi tentar a vida na Europa. Voltará ao Brasil depois de 20 anos, como uma rica condessa. Seu dinheiro despertará o interessa da filha por ela.
Ana Girafa (Luis Salém) - Cabeleireiro, dono de um salão no Covil do Bagre. Ajudou a criar as primas Marisol, Sarita e Grace Kelly. Também trabalha fazendo shows.

Família de Felizardo
Locanda (Stella Miranda) - Dona da Shunel, casada com Felizardo. Trata suas funcionárias muito mal. Sonha em ser Maruschka Lemos de Sá, mas não tem o gosto refinado da dona da Comprare.
Felizardo (Diogo Vilela) - Marido de Locanda, mas não pode ver um rabo de saia. Comanda a confecção Shunel com a mulher. E sempre deixa muito claro que, naquela casa, é ele quem manda.
Raíssa (Maria Maya) - Filha de Felizardo e Locanda, não quer nada na vida, mas consegue um trabalho de vendedora na Comprare. É namoradeira e já teve "casinhos" com quase todos os homens da área, mas mantém um relacionamento com Sebastião (Raoni Carneiro).
Agenor (Fiuk) - Irmão de Raíssa, trabalha na Shunel com os pais, mas não leva o seu ofício muito a sério. Namora Belezinha (Bruna Marquezine), mas é mulherengo. Mantém um caso com Brigitte (Juliana Didone).

Família de Otília
Dona Otília (Patrícia Bueno) - Senhora generosa, dona do Lar da Mão Aberta. Briga com Alberto pela permanência do Lar no terreno e não aceita vender a casa, apesar das dificuldades pelas quais vem passando. Mãe de Estela (Cynthia Falabella).
Olga (Maria Zilda Bethlem) - Irmã de Otília, também comanda o Lar da Mão Aberta. Mas não tem pela instituição ou pelas crianças o mesmo carinho de Otília. Tentará se aliar a Alberto para vender o casarão.
Estela (Cynthia Falabella) - Filha de Dona Otília. Sempre se sentiu rejeitada por ela por achar que só os órfãos tinham a sua atenção. Mas cuidará do Lar quando o inesperado acontecer.

Família de Íntima
Íntima (Elizangela) - Casada com Bob Falcão (Sandro Christopher), tenta se realizar através de sua filha Belezinha e controla todos os passos da adolescente. Mantém um caso às escondidas com seu vizinho de muro, Felizardo.
Bob Falcão (Sandro Christopher) - Sonhador, se apresenta como cover de Elvis Presley em festas e eventos. Faz questão de dizer que canta com a sua própria voz porque tem talento de sobra. Tenta ajudar a filha a se livrar da pressão da mãe.
Belezinha (Bruna Marquezine) - Adolescente que participa - obrigada pela mãe - de até quatro concursos de miss por semana. É quem sustenta a casa. Namorada de Agenor, sofre com o jeito mulherengo do rapaz.






















Na novela, Fiuk e Bruna Marquezine vivem o casal o casal Belezinha e Agenor
Na novela, Fiuk e Bruna Marquezine vivem o casal o casal Belezinha e Agenor
Foto: Luiza Dantas, Jorge Rodrigues e Pedro Paulo Figueiredo / TV Press
Fonte: TV Press

compartilhe

publicidade
publicidade