PUBLICIDADE

Globo tem problemas com transmissão de Carnaval no Rio

15 jan 2013 - 10h35
(atualizado às 10h40)
Compartilhar
Exibir comentários

A TV Globo está enfrentando problemas para realizar as transmissões do Carnaval 2013 no Rio de Janeiro. Para tentar melhorar a audiência na capital fluminense, a emissora decidiu não levar ao ar na cidade os desfiles de São Paulo, apostando na transmissão do grupo de Acesso local, rebatizado neste ano de Ouro - que totaliza 19 escolas dos antigos grupos A e B. E foi a partir desse ponto que começaram as dificuldades do canal.

Torcida da Mocidade Independente de Padre Miguel na Marquês de Sapucaí, em 2012
Torcida da Mocidade Independente de Padre Miguel na Marquês de Sapucaí, em 2012
Foto: Getty Images

Na sexta-feira pré-feriado, dia 8 de fevereiro, a transmissão começa depois do Globo Repórter, por volta das 23h30, o que faria, pelo horário já definido, a Globo focar nos desfiles das desconhecidas Unidos de Santa Tereza e União do Parque Curicica. A emissora teria tentado mudar com a Lierj (Liga das Escolas de Samba do Rio, antes chamada de Lesga) a ordem dos desfiles, mas não teve sucesso.

Outra opção para não perder quase duas horas com duas agremiações sem expressão seria intercalar a transmissão ao vivo com flashes das escolas anteriores, como Unidos do Jacarezinho, Porto da Pedra ou mesmo a Santa Cruz. Consultada pelo Terra, a assessoria da Globo não se pronunciou sobre o fato de ter tentado mudar a ordem dos desfiles, mas, de acordo com ela, a opção escolhida foi recuperar as imagens dos desfiles ocorridos mais cedo e exibi-los em um compacto ao fim do evento.

A mesma opção vai ser utilizada no sábado (9), quando as transmissões começam um pouco mais cedo, às 22h30, depois do BBB13. Neste dia, no entanto, a Globo deu mais sorte e Alex Escobar e Mariana Gross, os escalados para a transmissão do grupo de Ouro, terão na avenida a Império Serrano, tradicional escola do Rio, dona de uma das maiores torcidas da cidade. O resto do País vai seguir acompanhando os desfiles direto do Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. 

No dia do grupo Especial, que começa no domingo (10), o Fantástico deve ser reduzido para que a transmissão comece logo com a segunda escola da avenida, o Salgueiro. A Inocentes de Belford Roxo, estreante na elite do Carnaval fluminense, vai ganhar apenas flashes e um compacto reduzido. Entretanto, na segunda-feira (11), a Globo tem novos problemas.

O sorteio da ordem dos desfiles deixou a São Clemente em primeiro lugar, marcada para entrar na avenida às 21h. A questão é que o enredo da escola é uma homenagem à TV Globo, sobre suas novelas no horário nobre, e a emissora não vai tirar Salve Jorge do ar, perdendo, assim, a oportunidade de exibir a exaltação em rede nacional à emissora. A Mangueira será a primeira agremiação fluminense a ter seu desfile televisionado em rede nacional.

Domingo e segunda Alex Escobar e Mariana Gross abandonam o posto de âncoras da transmissão, sendo substituídos pelos mais conhecidos Luis Roberto e Glenda Koslowski.

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade