0

Alice Wegmann conta como superou compulsão alimentar

Atriz, de 'A Lei do Amor', se encontrou na terapia após sair do seu peso normal

23 fev 2017
12h41
atualizado às 13h18
  • separator
  • comentários

No ar como Marina em "A Lei do Amor", Alice Wegmann, que interpretou a personagem Isabela - desaparecida após passeio de barco com o namorado, Tiago (Humberto Carrão) -, está vivendo uma ótima fase profissional. A atriz, aliás, garantiu que não sabe se as duas são a mesma pessoa. "Fico pedindo spoilers para os autores, que não me contam nada. Sabia que seriam duas personagens, só não imaginava como. A repercussão foi além do que esperava. Quando o capítulo chega, paro tudo para ler. Sou público também", disse à revista "Contigo!".

No ano passado, Alice sofreu de compulsão alimentar por ansiedade e, por isso, acabou saindo do seu peso normal. Ela, no entanto, contou que se encontrou na terapia. " Aconteceu no início de 2016. Acredito que tenha sido por causa dessa ansiedade. Foi um período de questionamentos. Precisamos parar, olhar para dentro e ver o que precisa mudar. Fiz análise, continuo até hoje e funciona. Se não fizesse Comunicação, estudaria Psicologia. É um exercício de autoconhecimento que todo mundo deveria fazer um dia. Me trouxe amadurecimento", afirmou a artista, completando em seguida:

" Comecei a entender o que me faz bem e o que não faz. Nunca fui de comer glúten nem lactose. Porém, quando como, é chocolate 70% de cacau e sem açúcar. Tenho conseguido manter. Quando estava na fase da compulsão, fazia dieta a semana inteira e comia tudo o que via pela frente no fim de semana".

Atriz dá dica de beleza: 'Á gua com limão em jejum'

Contratada da Rede Globo até 2019, Alice deu uma dica de beleza. " Passo protetor solar, uso água termal e tomo água com limão em jejum - uma dica da Gisele Bündchen!", comentou ela, que mantém a boa forma com atividades físicas: " Corro três vezes na semana, faço muay thai, escada, spinning, funcional - musculação só para fortalecer o joelho".

Solteira, Wegmann declarou que não curte relacionamentos rasos. "Não sou durona. Não sou de sair à noite e ficar com alguém, nunca fui disso. Gosto de conhecer, saber se essa pessoa tem a ver comigo, para depois ver se rola algo a mais. Não gosto de coisa rasa. Não que vá me apaixonar por todos, mas tem de bater um interesse mútuo e ser uma pessoa interessante e interessada", explicou.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade