0

Andreia Horta ganha o Kikito de Melhor Atriz por atuação no longa 'Elis'. Fotos!

Atriz foi premiada no 44° Festival de Cinema de Gramado, no sábado (3)

4 set 2016
11h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Após Carolina Dieckmann brilhar com um look Helo Rocha no tapete vermelho do Festival de Gramado ao lançar o filme "O Silêncio do Céu" e Sophie Charlotte roubar a cena durante o lançamento da comédia "Tamo Junto", Andreia Horta também marcou presença no evento na noite deste sábado (3) na cidade da serra gaúcha e ganhou o Kikito de Melhor Atriz por seu papel em "Elis", cinebiografia da cantora gaúcha Elis Regina, e cuja performance foi muito elogiada.

"A vida pode ser mais bonita mesmo quando a gente tem coragem né? Meu coração está batendo mais rápido... Eu acredito no trabalho e acredito no artista. Foi uma convocação extraordinária, das deusas e dos deuses. Quero agradecer a todos que acreditaram que eu podia fazer esse trabalho", declarou a atriz, que emocionou o público interpretando Joaquina em "Liberdade, Liberdade".

"Foi lindo entregar a Elis aqui, na terra dela, no Sul. O nosso ofício é uma declaração de amor à humanidade, né? Como diz Elis: 'No presente a mente, o corpo é diferente, e precisamos todos rejuvenescer'. É tempo de luta, vamos juntos", completou a global, apontada como affair do ator Gustavo Machado, citando a canção "Velha Roupa Colorida".

Lista de vencedores da 44ª edição do Festival de Cinema de Gramado:

Longas-metragens brasileiros

Melhor fotografia: Ralph Strelow, por "O Roubo da Taça"
Melhor trilha musical: Domingos de Oliveira, por "Barata Ribeiro, 716"
Melhor direção de arte: Fábio Goldfarb, por "O Roubo da Taça"
Melhor desenho de som: Daniel Turini, Fernando Henna, Armando Torres Jr e Fabian Oliver, por "O Silêncio do Céu"
Melhor montagem: Tiago Feliciano, por "Elis"
Melhor ator coadjuvante: Bruno Kott, por "El Mate"
Melhor atriz coadjuvante: Glauce Guima, por "Barata Ribeiro, 716"
Melhor roteiro: Lucas Silvestre e Caíto Ortiz, por "O Roubo da Taça"
Melhor atriz: Andreia Horta, por "Elis"
Melhor ator: Paulo Tiefenthaler, por "O Roubo da Taça"
Melhor direção: Domingos de Oliveira, por "Barata Ribeiro, 716"
Prêmio especial do júri: "O Silêncio do Céu", de Marco Dutra
Melhor filme, eleito pelo júri da crítica: "O Silêncio do Céu", de Marco Dutra
Melhor filme, eleito pelo júri popular: "Elis", de Hugo Prata
Melhor filme: "Barata Ribeiro, 716", de Domingos de Oliveira

(Por Patrícia Dias)

Veja também:

Luisa Sonza e Vitão! O casal que parou o Tik tok
PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade