1 evento ao vivo

Capítulo desta 5ª da novela 'A Terra Prometida': rei desiste de executar Ula

A ex-rainha de Ai mente que matou o cunhado, Durgal (Roberto Frota)

16 fev 2017
06h20
atualizado às 11h08
  • separator
  • comentários

Adonizedeque (Mário Frias) vai poupar a vida de Ula (Rafaela Mandelli), no capítulo da novela "A Terra Prometida", nesta quinta-feira (16). O monarca toma essa decisão após acreditar na mentira da filha, Úrsula (Letícia Peroni), que planeja seu assassinato. A princesinha inventa que a ex-rainha de Ai é uma assassina e o soberano acredita, ordenando que Abul (Joelson Medeiros) a leve ao palácio.

Quando fica frente a frente com Adonizedeque, a viúva de Kamir (Roberto Bomtempo) assume a culpa pela morte do cunhado, Durgal (Roberto Frota). O rei surpreende a todos a dizer que não vai matar a cananeia, e comemora, em conversa com as caveiras da mãe e da mulher, o retorno da filha. Enquanto isso, Otniel (Leonardo Miggiorin), que irá matar gigantes em um batalha, tenta levantar informações de Salmon (Rafael Sardão), preso em uma masmorra, e o namorado de Acsa (Marisol Ribeiro) consegue entrar no palácio ao ser convidado por Mireu (Eduardo Magalhães) para uma festa. E, depois, cumprimenta Debir (o nome do ator não foi divulgado).

É hora de botar o plano em prática, diz Samara

No acampamento, Josué (Sidney Sampaio) ordena que as mulheres sejam protegidas pelos homens. Já Zaqueu (Ricky Tavares) conta que irá sair para caçar codornas. Ao saber disso, Samara (Paloma Bernardi) diz ser o momento para colocar em prática o plano macabro contra o arqueiro e a meia-irmã, Aruna (Thais Melchior), mocinha que irá escapar da morte por um milagre divino.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade