0

Globo comenta acusação de assédio contra José Mayer

A estilista Su Tonani relatou abuso sofrido no blog 'Agora é Que São Elas', do jornal 'Folha de S. Paulo', na última quinta-feira (30)

31 mar 2017
15h54
atualizado às 18h10
  • separator
  • 0
  • comentários

A TV Globo decidiu se pronunciar após a estilista Su Tonani acusar José Mayer de assédio sexual, nesta sexta-feira (31). A figurista de 28 anos relatou os abusos sofridos no blog "Agora é Que São Elas", do jornal Folha de S. Paulo". Procurada pelo Purepeople, a Comunicação da Globo informou que o assunto foi apurado e que as medidas necessárias estão sendo tomadas.

Em relação às notícias envolvendo a denúncia de assédio, a emissora frisou que o caso envolvendo o intérprete de Tião, da novela "A Lei do Amor", foi apurado. "A Globo repudia toda e qualquer forma de desrespeito, violência ou preconceito. E zela para que as relações entre funcionários e colaboradores da emissora se deem em um ambiente de harmonia e colaboração, de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. Todas as questões são apuradas com rigor, ouvidos todos os envolvidos, em busca da verdade. Desta forma e tendo o respeito como um valor inegociável da empresa, esse assunto foi apurado e as medidas necessárias estão sendo tomadas. A Globo não comenta assuntos internos."

Letícia Sabatella apoia figurinista

Em seu Facebook, Letícia Sabatella se pronunciou sobre o caso e demostrou apoio a Su Tonani. "José Mayer não se emenda, hein? Su Tonani, sinta-se apoiada em sua denúncia", escreveu. A comediante Dadá Coelho comentou o assunto em seu Twitter: "José Mayer assediando na vida real. Não passe perto de Renata Sorrah e uma escada".

Su Tonani relata abusos

Em seu texto, Tonani disse que recebeu "cantadas" com cunho sexual do veterano, que negou a fama de galã, e alertou que seu comportamento era inadequado. A stylista prometeu procurar o RH por causa de suas atitudes. Em fevereiro, Mayer colocou a mão na genitália da profissional na frente de outras funcionárias. "Ele colocou a mão na minha b... E ainda disse que esse era seu desejo antigo. Elas? Elas, que poderiam estar em meu lugar, não ficaram constrangidas. Chegaram até a rir de sua 'piada'. Eu? Eu me vi só, desprotegida, encurralada, ridicularizada, inferiorizada, invisível. Senti desespero, nojo, arrependimento de estar ali. Não havia cumplicidade, sororidade."

Tonani disse que decidiu acionar o RH depois de ser chamada de vaca pelo galã. "Falo em meu nome e acuso o nome dele para que fique claro, que não haja dúvidas. Para que não seja mais fofoca. Que entendam que é abusivo, é antigo, não é brincadeira, é coronelismo, é machismo, é errado. É crime. Entendam que não irei me calar e me afastar por medo."

Veja também

O caso de estupro que chocou o México

 

PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade