0

Leonardo Vieira vai à delegacia após ataques homofóbicos

O ator foi a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática nesta segunda-feira (09)

9 jan 2017
17h15
atualizado às 17h27
  • separator
  •  
  • comentários

O ator Leonardo Vieira foi alvo de ataques homofóbicos nas redes sociais e decidiu procurar a Justiça para resolver a questão. Nesta segunda-feira (09), ele prestou queixa na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, na Cidade da Polícia, Rio de Janeiro, local onde Bruno Gagliasso também denunciou os ataques racistas sofridos pela filha, Títi.

Anteriormente, de acordo com o colunista Leo Dias, Leonardo se encontrou com o deputado estadual Marcelo Freixo, na Comissão de Direitos Humanos da Alerj (Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro). Através de uma carta aberta, o intérprete de Balaão na novela Os Dez Mandamentos , se pronunciou sobre sua orientação sexual.

" Nunca escondi minha sexualidade, quem me conhece sabe disso. Não estou "saindo do armário", porque nunca estive dentro de um. Também nunca fui um enrustido. Meus pais souberam da minha orientação sexual desde quando eu ainda era muito jovem. No início não foi fácil pra eles, pois somos de famílias católicas e com características bem conservadoras, mas com o tempo eles passaram a me respeitar e aceitar a minha orientação", escreveu o ator.

compartilhe

comente

  •  
  • comentários
publicidade
publicidade